Site_CCN_ICOMOS_BR_Paisagem_Cabecalho_ed

Publicações

Publications

Produção Científica do Comitê 

Scientific Production of the Committee

Livros e Capítulos 

Books and Chapters

LIVROS

ADAMS, Betina. Preservação urbana: gestão e resgate de uma história. Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2002. 192 p.il.

BATISTA, M. N. (Org.) ; SCHLEE, M. B. (Org.) ; BARRA, E. (Org.) ; TANGARI, V. R. (Org.) . A Vegetação Nativa no Planejamento e no Projeto Paisagístico. 1. ed. Rio de Janeiro: Rio Books, 2015. 288p .

CASTRIOTA, Leonardo Barci. (Org.). Patrimônio cultural: conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume; Belo Horizonte: IEDS, 2009.

______. Paisagem cultural e sustentabilidade. Belo Horizonte: IEDS; UFMG, 2009.

FIGUEIREDO, Vanessa. G. B.; SABATÉ BEL, Joaquin (Orgs.). Paisagens Culturais Brasileiras. Revista ID – Identidades, especial. Barcelona: UPC – Univ. Politecnica Catalunha, v.6. p. 387 p. ISSN 2014-0614. (Laboratório Internacional de Paisagens Culturais), 2015. Disponível em <https://upcommons.upc.edu/handle/2117/93035>

FIGUEIREDO, Vanessa. G. B.; RODRIGUES, R. (Orgs.). Paranapiacaba: um patrimônio para a humanidade. 1. ed. São Paulo: Marquise, v. 1. 256p, 2014.

RIBEIRO, Rafael Winter. Paisagem Cultural e Patrimônio. Rio de Janeiro: IPHAN/COPEDOC, 2007.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, Joelmir Marques da. Inventário dos jardins de Burle Marx no Recife. 1. ed. Recife: EDITORA UNIVERSITÁRIA DA UFPE, 2017. 419p. http://www.loja.edufpe.com.br/portal/spring/livro/detalhe/456
SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, A.F. ; SILVA, Joelmir Marques da. Jardins de Burle Marx no Nordeste do Brasil. 1. ed. Recife: Editora da UFPE, 2013. v. 1. 250p.

SILVA, Luciano P. Arqueologia da Criança e Ensino de História: visões sobre uma pesquisa-ação entre acadêmicos/professores indígenas do estado de Mato Grosso. Fato & Versões, v.2, p.89 - 107, 2010.

______. Arqueologia Indígena: protagonismo ameríndio, interlocução cultural e ciência contemporânea. Cuiabá: Carlini & Caniato, 2014, 240 p.: Il.color. Prefácio de Jorge Eremites de Oliveira e Quarta Capa por Pedro Paulo Abreu Funari.

 

 

CAPÍTULOS DE LIVRO

CAVALCANTE, R. N. F. ; SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, Joelmir Marques da. . O jardim de Burle Marx para a SUDENE: um patrimônio moderno no Recife. In: Douglas Fazolato; Ana Pessoa. (Org.). Jardins históricos: envolvimento, sensibilização e participação social. 1ed.Rio de Janeiro: Rio Books, 2019, v. , p. 32-43.

FEITOSA JUNIOR, W. B. ; SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, Joelmir Marques da. O gesto do jardineiro e a conservação dos jardins públicos,. In: Douglas Fazolato;Ana Pessoa. (Org.). Jardins históricos: envolvimento, sensibilização e participação social. 1ed.Rio de Janeiro: Rio Books, 2019, v. , p. 10-21.

FIGUEIREDO, Vanessa. G. B. La Villa Obrera de Paranapiacaba, Bresil. In: DOREL-FERRE, Gracia. (Org.). Villages ouvriers et villes-usines à travers le monde, XVIII-XXe siècles. Paris: CRDP, Université Savoi, v. 6, 2016.

_____. Paranapiacaba: Sustainable Preservation of a Cultural Landscape. In: ROCHA, Andreza A. da. (Org.). World Heritage Today: Challenges for Interpretation, Conservation and Development. Berlim: Dr. Köster, v. 1, p. 223-252, 2012.

_____. Instrumentos urbanísticos para Preservação do Patrimônio Cultural. In: IPHAN - Weber Sutti. (Org.). I Forum Nacional do Patrimônio Cultural. Brasilia: IPHAN, v. 01, p. 261-274, 2012.

MOURA, C. H. R. ; SILVA, J. S. M. ; BEZERRA, O. G ; SILVA, Joelmir Marques da. . PARQUE DO ZEPPELIN: UMA ANÁLISE DA CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO NATURAL A PARTIR DOS VALORES HISTÓRICO-CULTURAIS E NATURAIS. In: Giovanni Seabra. (Org.). Terra: Mudanças Climáticas e Biodiversidade. 1ed.Ituiutaba: Barlavento, 2019, v. 1, p. 1448-1458.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, A.F. ; SILVA, Joelmir Marques da.. Conservando um jardim de Burle Marx no Palácio do Campo das Princesas no Recife. In: Rubenilson Teixeira; George Dantas. (Org.). Arquitetura em cidades sempre novas: modernismo, projeto e patrimônio. 1ed.Natal: EDUFRN, 2016, v. , p. 279-298.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; FEITOSA JUNIOR, W. B. ; SILVA, Joelmir Marques da. ; VERAS, L. M. S. C. . O Jardineiro e a Gestão dos Jardins Tombados de Burle Marx no Recife. In: Ana Pessoa, Douglas Fasolato. (Org.). Jardins históricos: intervenção e valorização do patrimônio paisagístico. 2ed.Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2016, v. , p. 281-294.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, Joelmir Marques da.; Barros, Marília Lucena ; Ferraz, Carla Santos ; Medeiros, Talys Napoleão . A arte dos jardineiros na conservação do jardim histórico. In: Ana Pessoa; Douglas Fasolato. (Org.). Jardins Históricos: a cultura, as práticas e instrumentos de salvaguarda de espaços paisagísticos. 1ed.Rio de Janeiro: Fundação Casa Rui Barbosa, 2015, v. , p. 155-158.

SANTANA, L. R. ; BEZERRA, O. G ; SILVA, Joelmir Marques da. RIACHO CAVOUCO: ANÁLISE SOBRE A GESTÃO DE BACIAS HÍDRICAS. Terra: Mudanças Climáticas e Biodiversidade. 1ed.Ituiutaba: Barlavento, 2019, v. 2, p. 1681-1693.

SILVA, Joelmir Marques da. SÁ CARNEIRO, ANA RITA . A integridade visual na conservação do jardim histórico. Jardins históricos: envolvimento, sensibilização e participação social. 1ed.Rio de Janeiro: Rio Books, 2019, v. , p. 52-64.

SILVA, A.F. ; SILVA, Joelmir Marques da.. ENTRE A FORMOSURA E O REFRIGÉRIO: A VEGETAÇÃO NOS JARDINS DO RECIFE NOS ANOS 1920. In: Marta Enokibara, Nilson Ghirardello e Rosio Fernández Baca Salcedo. (Org.). Patrimônio, paisagem e cidade. 1ed.Tupã: ANAP, 2016, v. , p. 83-99.

SILVA, Joelmir Marques da.  Morfología del Olivo. In: Secretaría de Agricultura, Ganadería, Desarrollo Rural, Pesca y Alimentación (SAGARPA). (Org.). La arquitectura de los Olivos. Tzintzuntzan, Michoacán. 1ed.México, DF: Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura, 2015, v. 1, p. 36-41.

SILVA, Joelmir Marques da. SÁ CARNEIRO, ANA RITA . O valor botânico para a Conservação dos Jardins Históricos de Burle Marx no Recife. In: Ana Pessoa; Douglas fasolato. (Org.). Jardins Históricos: a cultura, as práticas e isntrumentos de salvaguarda de espaços paisagísticos. 1ed.Rio de Janeiro: Fundação Casa Rui Barbosa, 2015, v. 1, p. 109-119.

SILVA, Luciano P. Etno-história e patrimônio cultural: processos decoloniais e intergeracionais para Educação Escolar Indígena. TRUBILIANO, Carlos A. (org). Debates Indígenas na Contemporaneidade. Ji-Paraná, Rondônia: Edinter, 2018.

Artigos 

Articles

ADAMS, Betina. “Sistemas Defensivos entre Portugal e Espanha na América do Sulo e o Brasil com países limítrofes: fronteira meridional Sul e Sudoeste do Brasil.”. In: Revista CEAMA – Centro de Estudos de Arquitectura Militar de Almeida. 2017. nº 15. Câmara Municipal de Almeida, Portugal. (pg.45-70). In: http://www.cm-almeida.pt/Paginas/revistasceama.aspx

_____. “The challenge of anchoring heritage values to space: notes on the practice of urban preservation in Florianópolis, Brazil”. In: Sustainable Development, Culture, Traditions Journal SDCT-Journal. Volume 1a-2016. Syros Institute, Syros, Greece. http://sdct-journal.hua.gr/index.php/en/2015-10-18-22-23-19/2016-volume-1-a/370-the-challenge-of-anchronic-heritage-values-to-space-notes-on-the-practice-of-urban-preservation-in-florianopolis-brazil

_____. “O Tratado de Tordesilhas: seu significado na atualidade a partir da identificação dos remanescentes de sua estrutura defensiva meridional”. In: Revista CEAMA – Centro de Estudos de Arquitectura Militar de Almeida. 2014. nº 11. Câmara Municipal de Almeida, Portugal. (pg.88 – 105).In: In: http://www.cm-almeida.pt/Documents/revistas_ceama/CEAMA%2011%20Revista%2011.pdfhttp://fortalezas.org/midias/arquivos/2561.pdf

_____. “A Raia entre Portugal e Espanha nas Américas: Notas acerca do Tratado de Tordesilhas e seus Desdobramentos Territoriais”. In: Revista CEAMA – Centro de Estudos de Arquitectura Militar de Almeida. 2011. nº 8. Câmara Municipal de Almeida, Portugal. (pg.47 – 59). In: http://www.cm-almeida.pt/Documents/revistas_ceama/CEAMA%2008_Miolo%20Af%20(2).pdf

_____. “Modalitá di Gestione Florianópolis (Brasil)” In: BOSSIO e STORCHI (cura) Centri Storici: gestire la transformaziione. ANCSA- Associazione Nazionale CentriStroico-Artistici, Dirección General Casco Histórico de Buenos Aires, Oficina del Historiador de la Ciudad de La Habana. Cremona/Italia; 2009, 348 p.il. (pg. 132-144).

_____.  “O Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina: consolidando a presença Portuguesa nas Américas”. In: revista CEAMA – Centro de Estudos de Arquitectura Militar de Almeida. 2010. nº 5. Câmara Municipal de Almeida, Portugal. (pg.240 – 255). In http://www.cm-almeida.pt/Documents/revistas_ceama/CEAMA%205.pdf.

_____.  “Relação Urbes x Agua: valorização de um patrimônio inestimável”. In: Cristina Maria da Silveira Piazza. [et al.] (org.). IIª Oficina de Desenho Urbano de Florianópolis/2007: Floripa de Frente pro Mar: resgate da orla. Tubarão, Ed. Unisul – 2008 (pg. 46-47).

_____.  “Challenges and Trends: the trajectory of urban preservation in Florianópolis / Santa Catarina Island / Brazil”.” In: City & Time. 2007. Vol. 1 (2004). Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada, Olinda. (pg. 5-15) (reedição em papel de artigo disponibilizado primeiro volume do jornal eletrônico “City and Time”, em 2004. In: http://www.ct.ceci-br.org/novo/revista/viewissue.php?id=1).

_____.  “Permanências, Transformações e Resgates na cidade de Florianópolis.” (cap. II - Formação Humana.) In: Prefeitura Municipal. Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Atlas do Município de Florianópolis / coordenado por Maria das Dores de Almeida Bastos. Florianópolis/SC. Florianópolis: IPUF, 2004. 166 P. :il.: mapas color.: tab.: gráf.

_____.  “Challenges and trends: the trajectory of urban preservation in Florianópolis / Santa Catarina Island / Brazil”.  Publicado no primeiro volume do jornal eletrônico “City and Time”  http://www.ct.ceci-br.org/novo/revista/viewissue.php?id=1

_____. “Relación urbes x agua: valorización de un patrimonio inestimable”. Publicado na mídia eletrônica do evento: Seminario Ciudad-Rio .http://www.ciudad-rio.com.ar/adams.htm

FEITOSA JUNIOR, W. B. ; SILVA, Joelmir Marques da ; SÁ CARNEIRO, ANA RITA . A Praça Euclides da Cunha, uma representação da paisagem sertaneja. Revista Brasileira de Meio Ambiente, v. 1, p. 6-6, 2018.

FIGUEIREDO, Vanessa G. B. Reflexiones: conservación integrada, compartida y participativa del paisaje cultural. El caso de Paranapiacaba. Revista PH - Instituto Andaluz del Patrimonio Historico, v. 87, p. 170-191, 2015. Disponível em <www.iaph.es/revistaph/index.php/revistaph/article/view/.../3600>

_____. Patrimônio cultural, cidade, sustentabilidade: qual o papel da legislação urbanística na preservação e no desenvolvimento? Ambiente & Sociedade (Online), v. 17, p. 91-110, 2014. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-753X2014000200007&script=sci_abstract&tlng=pt>

_____. Gestão sustentável da paisagem cultural: legados e lições da experiência de Paranapiacaba. Revista CPC (USP), v. 18, p. 29-55, 2014. Disponível em <https://www.revistas.usp.br/cpc/article/download/74963/pdf_13/>

_____. Patrimônio, Cidade e Política Urbana: hiatos e equívocos na legislação urbanística de São Paulo. Arquitextos (São Paulo), v. 168, p. 03-20, 2014. Disponível em <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/14.168/5219>

_____. O patrimônio e as paisagens: novos conceitos para velhas concepções? Revista Paisagem e Ambiente, no. 32. FAU USP, 2013. Disponível em <http://www.revistas.usp.br/paam/article/view/88124>

MOURA, C. H. R. ; BEZERRA, O. G ; SILVA, Joelmir Marques da . A Conservação do Patrimônio Natural: O Parque Estadual de Dois Irmãos e a Mata do Engenho Uchôa, Recife-PE. Revista Brasileira de Meio Ambiente, v. 1, p. 7-7, 2018.

_____. OS VALORES NATURAIS DAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO RECIFE: MATA DE DOIS IRMÃOS E MATA DO ENGENHO UCHÔA. Revista Percurso (Online), v. 10, p. 131-155, 2018.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, Joelmir Marques da ; ROLIM, M. E. D. O. INVENTÁRIO E CONSERVAÇÃO DO JARDIM DE BURLE MARX NA SUDENE. Revista Percurso (Online), v. 10, p. 10-25, 2018.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; SILVA, Joelmir Marques da ; AMORIM, GISELI ; Duarte, Mirela . UMA EXPERIÊNCIA PARA A CONSERVAÇÃO DE JARDIM HISTÓRICO DE BURLE MARX NO RECIFE, BRASIL. BITACORA URBANO TERRITORIAL, v. 25, p. 43-50, 2016.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; CASTEL-BRANCO, CRISTINA ; SILVA, Joelmir Marques da.  Burle Marx no Recife: restauro do jardim do aeroporto dos Guararapes como bem patrimonial. Paisagem e Ambiente, v. 1, p. 53-71, 2016.

SÁ CARNEIRO, ANA RITA ; Castel-Branco Criatina ; SILVA, Joelmir Marques da.  . BURLE MARX NO RECIFE: RESTAURO DO JARDIM DO AEROPORTO DOS GUARARAPES COMO BEM PATRIMONIAL. Paisagem e Ambiente, v. 1, p. 53-71, 2016.

SANTANA, Michele dos Anjos ; SILVA, Joelmir Marques da. A PAISAGEM CULTURAL A PARTIR DO ELEMENTO VEGETAL: O CASO DO SÍTIO HISTÓRICO DE OLINDA, PERNAMBUCO, BRASIL. Boletim de Geografia (Online), v. 32, p. 148-165, 2014.

SCHLEE, Mônica Bahia. The role of buffer zones in Rio de Janeiro urban landscape protection. Journal of Cultural Heritage Management and Sustainable Development, v. 1, p. 1-27, 2017. Disponível em: https://www.emerald.com/insight/content/doi/10.1108/JCHMSD-10-2015-0040/full/html?skipTracking=true

_____. Notas sobre a ocupação das encostas no maciço da Tijuca, no Rio de Janeiro. Pós. Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUUSP, v. 22, p. 94-122, 2015.

SCHLEE, M. B.; MAGINA, J.; FONSECA, H.; SANTOS, M. A.; PEREIRA, M. C. e PAULA, H. C. “Proteção de Paisagens Culturais no Rio de Janeiro: novas estratégias e experimentações: O caso da região de São Cristovão”. Revista Oculum Ensaios. Vol. nº 9. PUC Campinas. Campinas, 2009, pp. 66-85.

SILVA, Joelmir Marques daSÁ CARNEIRO, ANA RITA . Restaurando jardins d´água na Praça de Casa Forte. Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online), v. 19, p. 27-39, 2019.

SILVA, Joelmir Marques daSÁ CARNEIRO, ANA RITA ; FEITOSA JUNIOR, W. B. ; ROLIM, M. E. D. O. A Praça de Casa Forte: um jardim histórico, um patrimônio cultural do Brasil. ANAIS DO MUSEU PAULISTA, v. 27, p. 1-30, 2019.

SILVA, Joelmir Marques da. O restauro da Praça Euclides da Cunha: a paisagem sertaneja de volta ao jardim. PATRIMÔNIO E MEMÓRIA (UNESP), v. 15, p. 10-25, 2019.

_____. Garden, ars cooperativa naturae. Global Journal of Archaeology & Anthropology, v. 8, p. 12-14, 2019.

_____. LOS JARDINES HISTÓRICOS DEL PERIODO MODERNO DE BRASIL, LAS OBRAS DE ROBERTO BURLE MARX. Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online), v. 17, p. 12-32, 2018.

_____. A Praça Euclides da Cunha, a paisagem sertaneja materializada em um jardim histórico moderno e patrimônio cultural do Brasil. PATRIMÔNIO E MEMÓRIA (UNESP), v. 14, p. 126-150, 2018.

_____. Revisão histórica da diversidade vegetal da Zona da Mata Norte de Pernambuco com ênfase no município de Goia na. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. 16, p. 12-26, 2017.

_____. De Jardim ordinário a Monumento Vivo. Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online), v. 17, p. 17-31, 2017.

_____. Jardins de Roberto Burle Marx em um sítio histórico: uma perfeita integração do antigo com o moderno. 19&20 (Rio de Janeiro), v. 11, p. 1-10, 2016.

_____. EL PROCESO DE RESTAURACIÓN DE LA PLAZA DE CASA FORTE: UN JARDÍN HISTÓRICO DE ROBERTO BURLE MARX EN RECIFE, BRASIL. Revista Percurso (Online), v. 8, p. 59-85, 2016.

_____. Um Jardim Moderno Em Um Sítio Histórico: A Reconstrução Da História Da Praça Da República E Do Jardim Do Palácio Do Campo Das Princesas. Brazilian Geographical Journal: geosciences and humanities research medium, v. 6, p. 80-100, 2015.

_____ . O Verde Histórico da Praça Euclides da Cunha. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 9, p. 1-20, 2014.

_____. Um passeio pela história dos jardins e um olhar para a criação dos primeiros jardins modernos do Brasil. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. 1, p. 113-126, 2014.

_____ . The Historic Vegetation of the Euclides da Cunha Square. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 9, p. 1-19, 2014.

_____. A Conservação do jardim histórico, um olhar sobre o componente vegetal da Praça de Casa Forte e da Praça Euclides da Cunha. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. 14, p. 29-40, 2014.

SILVA, Michel Carvalho da. Referências Arquitetônicas do Municipio de Paraty - do seu período Colonial aos dias atuais. Disponível em <https://drive.google.com/open?id=108yLgsUaACVnaP2zK5EyiGLXjtwTKaoS> <https://www.iau.usp.br/pesquisa/images/Informativo/Caderno_26_SIICUSP_IAU.pdf). SILVA, Michel Carvalho da. Artigo Completo ().>

Artigos em Anais de Congressos

Articles in Annals of Congresses

Teses e Dissertações 

Theses and Dissertations

ADAMS, Betina. O patrimônio de Florianópolis: trajetória da gestão para sua preservação. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2001. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/79639

FIGUEIREDO, Vanessa. G. B. Da Tutela dos Monumentos à Gestão Sustentável das Paisagens Culturais: inspirações para uma nova política de preservação do patrimônio cultural no Brasil (Tese de Doutoramento). São Paulo: FAU USP, 2014.   Disponível em <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16139/tde-14082014-134950/pt-br.php>

LAGE, L.B. Paisagem Como Ligação entre a Conservação do Patrimônio e o Planejamento Territorial: ‘Conservation Through Development’. Tese de Doutorado. UFMG: Belo Horizonte, 2018.

LAGE, L. B.. Paisagem Cultural da Serra da Piedade – Caeté/MG: A Interface entre Patrimônio Ambiental e Patrimônio Cultural. Dissertação de mestrado. UFMG: Belo Horizonte, 2011.

SCHLEE, M. B. A Ocupação das Encostas do Rio de Janeiro: Morfologia, Legislação e Processos Sócio-Ambientais. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

SILVA, Joelmir Marques da. Integridade Visual nos Monumentos Vivos: os Jardins Históricos de Roberto Burle Marx. 218f. (Tese de Doutorado em Desenvolvimento Urbano). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano. Universidade Federal de Penrmabuco, Recife, 2017.

SILVA, Joelmir Marques da. Puesta en valor del poyecto de restauración de la Plaza de Casa Forte, Recife, Pernambuco, Brasil. 115f. (Maestría en Diseño, Planificación y Conservación de Paisaje y Jardines). Programa de Pós-Graduação em Diseño, Planificación y Conservación de Paisaje y Jardines. Universidad Autónoma Metropolitana unidad Azcapotzalco, Ciudad de México, 2016.

SILVA, Joelmir Marques da. Arqueologia Botânica dos Jardins de Burle Marx. 110f. (Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento Urbano). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano. Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.

Outras lndicações Bibliográficas

Other Bibliographic Indications

Nacionais

BONDUKI, Nabil. Intervenções urbanas na recuperação de centros históricos. Brasília, DF: Iphan/Programa Monumenta, 2010.

CARAPINHA, Aurora. O Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian : a poética da materialidade e da temporalidade" in Philosophica, 29, Lisboa,2007, pp.115-123

CARDOSO, Isabel Lopes Porto, Paisagem e Património, Aproximações Pluridisciplinares, Editora Dafne, 2013.

CARSALADE, Flávio de Lemos. A preservação do patrimônio como construção cultural. Arquitextos, São Paulo, 12.139, Vitruvius, dez 2011. Disponível em: <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/12.139/4166>

_______; MORAIS, P. H. A. Conjunto Moderno da Pampulha: um conjunto paisagístico como patrimônio da humanidade. LEITURAS PAISAGÍSTICAS (UFRJ), v. 1, p. 75-100, 2017.

_______. Patrimônio como construção cultural. REVISTA DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL, v. 1, p. 137-149, 2017.
_______. Dualidades patrimoniais. OCULUM ENSAIOS (PUCCAMP), v. 1, p. 203-2016, 2017.

FERREIRA, Ivete Senise. Patrimônio Nacional Ambiental. São Paulo: Editora RT, 1995.

Fonseca, Maria Cecília Londres. O patrimônio em processo - trajetória da política federal de preservação no Brasil. 2. ed. Revisada e ampliada. Rio de Janeiro: UFRJ, IPHAN, 2005.

IPHAN, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Brasil). Anais do I Fórum Nacional do Patrimônio Cultural – Sistema Nacional do Patrimônio Cultural, desafios, estratégias e experiências para uma nova gestão, V. 1. V2. V3.  Ouro Preto/Brasília: IPHAN, 2012.

MARIA, Yanci Ladeira. Paisagem: entre o sensível e o factual. Uma abordagem a partir da Geografia Cultural. 2010. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-06072011-125730/publico/2010_YanciLadeiraMaria.pdf> Acesso em 25.abr.2018.

MARIA, Yanci Ladeira. Paisagem: cultura-natureza em perspectiva. Uma abordagem trajetiva do conceito de paisagem. 2016. Tese (Doutorado em Geografia Física) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-06012017-110558/> Acesso em 06.nov.2017.

Meneses, Ulpiano T. B. A paisagem como fato cultural. In: Yazigi, Eduardo (Org.). Turismo e paisagem. Campinas: Contexto, 2002.

PAIVA, Melquíades Pinto. Os naturalistas e o Ceará: IX – Philipp Von Luetzelburg (1880-1948). Revista do Instituto do Ceará, v. (-), n. (-), 2003, p. 41-53.

PEREIRA, Danilo Celso. Paisagem como patrimônio: entre potencialidades e desafios para a implementação da Chancela da Paisagem Cultural Brasileira. Dissertação de Mestrado – IPHAN: Rio de Janeiro, 2018.

PORTA, Paula. Política de preservação do patrimônio cultural no Brasil: diretrizes, linhas de ação e resultados – 2000-2010. Brasília (DF): Iphan/Monumenta, 2012.

SÁ CARNEIRO, Ana Rita; MESQUITA, Liana de Barros. Restaurando o Recife de Burle Marx: a Praça Faria Neves, a Praça do Derby e a Praça Euclides da Cunha. Recife, 2003.

SÁ CARNEIRO, Ana Rita. Restauração dos jardins das Cactáceas de Burle Marx. In: SÁ CARNEIRO, Ana Rita e BERTRUY, Ramona Isabel Pérez. Jardins Históricos Brasileiros e Mexicanos. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2009. p. 211-240.

SÁ CARNEIRO, Ana Rita; SILVA, Joelmir Marques; VERAS, Lúcia Maria de Siqueira Cavalcanti e SILVA, Aline de Figueirôa. The complexity of historic garden life conservation. CECI/ICCRON, 2011.

SÁ CARNEIRO, Ana Rita; SILVA, Joelmir marques da; AMORIM, Giseli e DUARTE, Mirela. Uma experiência para a conservação de jardim histórico de Burle Marx no Recife, Brasil. Revista Bitácora, Bogotá, n. 2, v. 25, p. 43-50, 2015.

SÁ CARNEIRO, Ana Rita; SILVA, Joelmir Marques. Inventário dos Jaridns de Burle Marx no Recife (Fase 1). Recife: Editora Universitária da UFPE, 2017.

_____. Inventário dos Jaridns de Burle Marx no Recife (Fase 2). Material didático (Laboratório da Paisagem), 2017 (Revisado).

SILVA, Aline de Figueirôa. Jardins do Recife: uma história do paisagismo no Brasil (1872-1937). Recife: Cepe, 2010.

SCIFONI, S. A construção do patrimônio natural. São Paulo: FFLCH, 2008.

______; NASCIMENTO, F. A paisagem cultural como novo paradigma para a proteção: a experiência do Vale do Ribeira-SP. São Paulo: Revista CPC, n. 10, maio/out, 2010, p. 29-48.

SOARES, Bruno César Brulon. Entendendo o Ecomuseu: uma nova forma de pensar a Museologia. In: Revista Eletrônica Jovem Museologia – Estudos sobre Museus, Museologia e Patrimônio, Ano 1, n. 2, agosto. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2006. Disponível em: http://www.unirio.br/jovemmuseologia/documentos/2/artigobruno.pdAcesso em: 01/04/2013.

VERAS, Lúcia Maria de Siqueira Cavalcanti. Paisagem-postal: a imagem e a palavra na compreensão de um Recife urbano. Tese de Doutorado - Recife: UFPE, 2014. 

VERDUM, R. At all. As múltiplas abordagens para o Estudo da Paisagem. Revista Espaço Aberto, PPGG, UFRS, V.6.N.1,p.131-150, 2016. https://revistas.ufrj.br/index.php/EspacoAberto/article/download/5240/3848

VIEIRA FILHO, Dalmo. Aplicação da Chancela de Paisagem Cultural – Onde e com que objetivos. 2010.

ADAMS, Betina. “Florianópolis, um binômio de ecossistemas e assentamentos humanos - 6.000 anos de atratividade: o instrumento do Plano Diretor como garantia de sua continuidade”. In: Anais do VII Fórum Mestres e Conselheiros - Agentes Multiplicadores do Patrimônio “Patrimônio e cidades”. Belo Horizonte, 10-12/06/2015.

_____.  “Spirit: the essence of cultural meanings through times adapted to the contemporary needs of a place”. In: Quebec Icomos 2008. 16th General Assembly and 2008 Scientific Symposium, Quebec, Canada. Official Program (index2) In: http://openarchive.icomos.org/42/1/77-CQf4-241.pdf

_____.  “Reatualização dos Centros Históricos: descobrindo as chaves ainda ocultas de Florianópolis”. In: Anais do Encontro Nacional de Arquitetos ARQUIMEMÓRIA 3: sobre preservação do patrimônio edificado. Salvador, 08-11/06/2008.

__________.  “Ecos de Brasília: loteamento Praia do Forte, Florianópolis / Ilha de Santa Catarina / Brasil” O moderno já passado / o passado no moderno. Coautoria com TEIXEIRA, Luiz Eduardo Fontoura. In: Anais do 7º Seminário DOCOMOMO Brasil. Porto Alegre, 22 a 24/10/2007. In: http://www.docomomo.org.br/seminario%207%20pdfs/055.pdf

_____. “Em busca da sustentabilidade do patrimônio histórico construído: o caso de Florianópolis/Ilha de Santa Catarina /Brasil”. Anais das III Jornadas Internacionales sobre Experiencias de Revitalización de Cascos Históricos. Buenos Aires. Argentina, 27-28/06/2007. In: http://aquimontserrat.com/todo2007/casco/07jul/070704florianopolis1.doc

_____.  “Sistema defensivo de la Ilha de Santa Catarina y centro histórico de Florianópolis” . Coautoria com ARAUJO, Suzane Albers. In: Ciudades Historicas Iberoamericanas: Encuentro Científico Internacional. Madrid y Cuenca/España, 27/09 a 1/10/2004. (Monuments and Sites: XIV). (893 pages) (pg. 105-135).

_____.  “Dealing with the historic cores of “swollen cities”: Notes from the Brazilian perspective” In: Proceedings of ICOMOS 15th Assembly and Scientific Symposium. Xi’an/China: World Publishing Corporation, 2005. (Vol 1: Section I: Defining the setting of monuments and sites the significance of tangible and intangible cultural and natural qualities (pg. 21 -26). In: http://openarchive.icomos.org/42/1/77-CQf4-241.pdf

DUARTE, D. R.; SANTIAGO, A. G. Natureza e Topofilia: a necessidade do ser humano de se conectar com o ambiente natural. Anais... 3o Simpósio Científico 2019 do ICOMOS/Brasil, 2019, Belo Horizonte. ANAIS ICOMOS 2019. , 2019.

DUARTE, D. R.; SANTIAGO, A. G.; CASARIN, V. Paisagem Cultural: Preservação e seus Entraves. Anais... VI Encontro de Sustentabilidade em Projeto, 2018, Florianópolis. ANAIS ENSUS 2018. Florianópolis: UFSC/VIRTUHAB, 2018. v.I. p.513 – 524 http://ensus2018.paginas.ufsc.br/files/2018/04/ANAIS-ENSUS-2018-Volume-I.pdf

DUARTE, D. R.; SANTIAGO, A. G. Significância da Paisagem Cultural: uma revisão bibliográfica. Anais 5o Colóquio Iberoamericano Paisagem Cultural, 2018, Belo Horizonte. Anais 5. Colóquio Iberoamericano Paisagem Cultural. , 2018.

FÉRES, L. R. Biografia de uma Paisagem Cultural: Conjunto Moderno da Pampulha. In: Anais do II Simpósio Científico 2018 - ICOMOS BRASIL. Belo Horizonte, 2018. http://www.even3.com.br/simposioicomosbr

_____. Paisagem cultural e paisagem urbana histórica: reflexões acerca dos conceitos e os desafios da gestão do Conjunto Moderno da Pampulha Patrimônio da Humanidade. In: Anais do I Simpósio Científico 2017 - ICOMOS Brasil. Belo Horizonte, 2017. https://drive.google.com/open?id=108yLgsUaACVnaP2zK5EyiGLXjtwTKaoS

LAGE, L.B. Paisagem como “modo de ver o mundo”. In: 3º Simpósio Científico 2019 do Icomos Brasil: Autenticidade em Risco, 2019. Belo Horizonte.

_____. Historic landscape characterisation (HLC) and the Belvedere Project: a comparison through the lens of a Steineitz's framework for Geodesign. DISEGNARECON - ATTI DEI SEMINARI, v. 11, p. s/p, 2018.

_____. (IN)JUSTICE AND (IN)EQUALITY IN LANDSCAPES: It is possible a democratic and socially just landscape?. In: 5o Colóquio Ibero-Ameicano Paisagem cultural, patrimônio e projeto, 2018, Belo Horizonte. Anais do 5° Colóquio Ibero-Ameicano Paisagem cultural, patrimônio e projeto, 2018.

_____. A Complexidade da Paisagem: Abordagem da Convenção Europeia da Paisagem. In: 4° Colóquio Ibero-Ameicano Paisagem cultural, patrimônio e projeto, 2016, Belo Horizonte. Anais do 4° Colóquio Ibero-Americano Paisagem cultural, patrimônio e projeto. Belo Horizonte, 2016. p. http://www.foru.

LAGE, L. B.; TEIXEIRA, L. C. ; BORGES, J. L. C. Análise de Intervenções Arquitetônicas na Paisagem. In: 3° Colóquio Ibero-Americano paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto, 2014, Belo Horizonte. Anais do 3° Colóquio Ibero-Americano paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto, 2014.

LAGE, L. B.; FREITAS, R. A. S. . As Diversas Paisagens da Pampulha. In: 2ª Colóquio Ibero Americano da Paisagem, 2012, Belo Horizonte. Anais do 2ª Colóquio Ibero Americano da Paisagem Caderno de Resumos. Belo Horizonte, 2012.

LAGE, L. B.; CASTRIOTA . A Paisagem Cultural da Serra da Piedade: A Interface entre Patrimônio Cultural e Patrimônio Ambiental. In: Colóquio Ibero-Americano Paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto, 2010, Belo Horizonte/MG. Anais do Colóquio Ibero-Americano Paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto, 2010. v. 1.

SILVA, J. A. S.; GONCALVES, B. C. . Operação Urbana Consorciada ACLO e Pampulha: Impactos na paisagem e dinâmica local. III Fórum Habitar - Habitação e Desenvolvimento Sustentável. Belo Horizonte, 2016.

lnternacionais

ALCÁNTARA ONOFRE, Saúl. La arquitectura de jardines artísticos históricos. In: ALCÁNTARA ONOFRE, Saúl; ALAVID PÉREZ, Efren Arturo; MARTÍNEZ SÁNCHEZ, Félix Alfonso. Diseño, planificación y conservación de paisaje y jardines. México: Universidad Autónoma Metropolitana unidad Azcapotzalco, 2002, p. 17-28.

AÑÓN-FELIÚ, Carmen. El jardín histórico: notas para una metodologia previa al proyecto de recuperación. In: Jardins et Sites Historiques. Madrid: Ediciones Doce Calles, ICOMOD/UNESCO, 1993, p. 312-325.

_____. Del jardín histórico y su rehabilitación. Nueva Revista, n. 40, v. [s/v], p. 116-124, 1995a.

_____. Authenticité: Jardin et paysage. Japon: UNESCO; ICCRON; ICOMOS, 1995b.

_____. Introducción. In: AÑÓN FELIÚ. El lenguaje oculto del jardín: jardín y metáfora. Madrid: Complutense, 1996. p. 7-8.

_____. La restauración de los jardines históricos. Anais…La doctrina de la restauración a través de las cartas internacionales, 2005.

_____. La restauración de los jardines históricos. In: La doctrina de la restauración a través de las cartas internacionales, 2005, Valencia. Anais…Valencia: Master Copa, 2005. p. 1-9.

ANTROP, Marc. Landscape change: Plan or chaos?. In: Landscape and Urban Planning, 41, pp.155-161, 1998.

ANTROP, Marc. Landscapes at risk: about change in the European landscapes. In: Evolution of Geographical Systems and Risk Processes in the Global Context, ed. Peter Dostal, pp.57–79. Prague, Czech Republic: Charles University in Prague. Faculty of Science, 2008.

ASSUNTO, Rosario. Il paesaggio e l’estetica. Nápoles: Giannini Editore, 1973.

ASSUNTO, Rosario. A paisagem e a estética (1973). In: SERRÃO, Adriana Veríssimo (coord). Filosofia da Paisagem – Uma Antologia. Lisboa: Centro de Filosofia Universidade de Lisboa, 2011, pp.341-375.

_____. Ontología y teleología del jardín. Madrid: Tecnos, 1991.

_____. Il restuaro della’idea di giardino e l’armonia dell’uomo e della natura. In: ICOMOS. Jardins et Sites Historiques. Madrid: Ediciones Doce Calles, ICOMOS/UNESCO, 1993, p. 312-325.

BAAS, Henk; GROENEWOUDT, Bert; RAAP, Edwin. Chapter 3. The Dutch Approach. Public Participation and the Role of NGOs and Local Authorities in the Protection, Management and Developments of Cultural Landscapes in the Netherlands. In: The European Landscape Convention. 2011, pp.45-66. Disponível em < https://www.researchgate.net/publication/226575742_The_Dutch_Approach> Acesso 11 Nov.2016.

BARRET, Brenda. Lessons in Large Landscape Management. In: TAYLOR, Ken; ST CLAIR, Archer; MITCHELL, Nora J. (eds.). Conserving Cultural Landscapes: challenges and new directions. Oxon: Routledge, 2015, pp.236-250.

BEEK, R. van; BLOEMERS, T. (J.H.F.); KEUNEN, L.; KOLEN, J.; LODEN, H. VAN & RENES, J. Chapter 8: The Netherlands. In: FAIRCLOUGH, G. & MOLLER, G. (eds). Landscape as Heritage: The Management and Protection of Landscape in Europe, a summary by the COST A27 project <<LANDMARKS>>. Berne: University of Berne, 2008, pp.177-203.

BERLEANT, Arnold. The Aesthetics of Environment. Philadelphia: Temple University Press, 1997.

BERLEANT, Arnold. Living in the Landscape. Toward an Aesthetics of Environment. University Press of Kansas, 1997.

BERGER, E.; MARTZ, J.. Cultural Landscapes: A Working Bibliography. 5ª ed.. Wien – Nürnberg: ICOMOS-IFLA-ISCCL, 2015. Disponível em: <https://culturallandscapesandroutesnsc.files.wordpress.com/2015/11/bibliography_isccl_icomos-ifla_2015.pdf>. Acesso em: 29 jun 2019.

BERQUE, Augustin. Cinq Propositions pour une Théorie du Paysage. Paris: Editions Champ Vallon, 1994.

BERQUE, Augustin. Être humains sur la Terre. Principes d’étique de l’écoumène. Paris: Gallimard, 1996.

BERQUE, Augustin. Médiance. De Millieux em Paysages. 2e.ed. Paris: Belin/Reclus, 2000.

BERQUE, Augustin. Paisagem-Marca, Paisagem-Matriz: Elementos da Problemática para uma Geografia Cultural. (1984). In: CORRÊA, R.L.; ROSENDAHL, Z. (org.). Paisagem, Tempo e Cultura. 2ed. Rio de Janeiro: EdUERJ,2004. pp. 84-85.

BERQUE, Augustin. La pensée paysagère. Paris: Archibooks, 2008.

BERQUE, Augustin. O pensamento paisageiro: uma aproximação mesológica. In: SERRÃO, Adriana Veríssimo (coord). Filosofia da Paisagem – Uma Antologia. Lisboa: Centro de Filosofia Universidade de Lisboa, 2011, pp.200-212.

BESSE, Jean Marc. Ver a Terra: seis ensaios sobre a paisagem e a geografia. Tradução: Vladimir Bartalini. São Paulo: Perspectiva, 2014.

BESSE, Jean Marc. Entre a geografia e a ética: a paisagem e a questão do bem-estar. GEOUSP- Espaço e Tempo (Online) São Paulo v.18 n.2, 2014a, p.249.

BEUSEKOM, Eduard van. Historic Landscapes in the Netherlands. In: FAIRCLOUGH, Graham; RIPPON, Stephen (eds.). Europe’s Cultural Landscape: archaeologists and the management of change. Europae Archaeologiae Consilium, 2002, pp.49-54.

BRANDI, Cesare. Teoria da restauração. Cotia: Ateliê Editorial, 2004.

BUSQUETS, Jaime; CORTINA, Albert (coords.). Gestión del paisaje. Manual de protección, gestión y ordenación del paisaje.Barcelona: Ariel Patrimonio, 2009.

CAMPITELLI, Giovana. La présence d’André Le Notre en Italie et son influence sur l’art des jardins, in L’Héritage d’André Le Notre. Les jardins à la francaise entre tradition et modernité, actes de la conference internationale, Domaine Départementale de Sceaux, 2014, pp. 84-91.

CAMPITELLI, Giovana  Villa Borghese: from the Suburbs to the Centre of Rome, in Maria Poprzecka (a cura), Historic Residences in Contemporary Cities, Warszawa 2014

CAMPITELLI, Giovana Ville e Giardini tra Ottocento e Novecento”, (cura del volume), Edizioni Joyce, Roma 1996

CASTEL-BRANCO, C., 2016, Monet et Burle Marx. Colloque Jardins d’Artistes. Palácio Fronteira, 19 May, Lisboa, Portugal. (Oral presentation).

CASTEL-BRANCO, C., 2014, Le couvent des Capuchos et Kingscote. Revue Jardins 5, Éditions du Sandre, Paris.

CASTEL-BRANCO, C., 2012, Is Landscape Architecture a Useful or dispensable profession? Verdant Network Magazine, Novembro/Dezembro, pp: 13-17.

CATALANO, Mario; PANZINI, Franco. Giardini storici: teoria e tecniche di conservazione e restauro. Roma: Officina edizioni, 1990.

Cauquelin, Anne. A invenção da paisagem. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Choay, Françoise.  A alegoria do patrimônio. 3. ed. São Paulo: Estação Liberdade: UNESP, 2006.

CLARK, Jo; DARLINGTON, John; FAIRCLOUGH, Graham. Using Historic Landscape Characterisation. English Heritage & Lancashire County Council, 2004.

CLARK, Jo. Historic Landscape Characterisation: A national programme. In: Conservation Bulletin. English Heritage, 2004-5, p. 20-22.

CLAVAL, Paul. A Geografia cultural. 4. ed. rev. Florianópolis: EdUFSC, 2014.

COLLOT, Michel. Poética e Filosofia da Paisagem. Tradução de Ida Alves et al. 1.Ed. Rio de Janeiro: Editora Oficina Raquel, 2013.

CORTINA, Albert. La ley de protección, gestión y ordenación del paisaje de Cataluña. In: MATA, Rafael; TARROJA, Àlex (coords.). El paisaje y la gestión del territorio. Criterios paisajísticos en la ordenación del territorio y el urbanismo. Barcelona: CUIMPB. DIPUTACIÓ BARCELONA. Colección Territorio y Gobierno: Visiones, 2006, pp.405-420.

CULLEN, G. Paisagem urbana. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

DÉJEANT-PONS, Maguelonne. The European Landscape Convention. In: Landscape Research, vol.31, n.4, pp. 363-384, 2006.

DE MONTIS, Andrea; FARINA, Patrizia. Assessing the impacto f the European Landscape Convention on national planning systems: a comparative approach. In: CAMPAGNA, M; DE MONTIS, A.; ISOLA, F.; LAI, S.; PIRA, C.; ZOPPI, C. (eds.). Planning Support Tools: Policy Analysis, Implementation and Evaluation. Proceedings of the Seventh International Conference on Informatics and Urban and Regional Planning INPUT 2012. Franco Angeli/Urbanistica. January 2012, pp.373-385. Disponível em < https://www.francoangeli.it/Area_PDFDemo/1862.161_demo.pdf> Acesso 01 Ago.2018.

DOMINGUES, Alvaro. Porto, A rua da estrada. Editora Dafne. 2010FAIRCLOUGH, Graham; RIPPON, Stephen (eds.). Europe’s Cultural Landscape: archaeologists and the management of change. Europae Archaeologiae Consilium, 2002.

FAIRCLOUGH, Graham; MOLLER, Per Grau (eds.). Landscape as Heritage. The Management and Protection of Landscape in Europe, a summary by the COST A27 project <<LANDMARKS>>. Berne: GEOGRAPHICA BERNENSIA, University of Berne, 2008.

FAIRCLOUGH, Graham. Chapter 12: The United Kingdom – England. In: FAIRCLOUGH, Graham; MOLLER, Per Grau (eds.). Landscape as Heritage. The Management and Protection of Landscape in Europe, a summary by the COST A27 project <<LANDMARKS>>. Berne: GEOGRAPHICA BERNENSIA, University of Berne, 2008, pp. 269-291.

FAIRCLOUGH, G.; SARLÖV HERLIN, I.; SWANWICK, C. (eds.). Routledge Handbook of Landscape Character Assessment. London: Routledge, 2018.

FINKE, Gunnar. Linking Landscapes. Exploring the relationships between World Heritage cultural landscapes and IUCN protected areas. Gland, Switzerland: IUCN. 2013, 26pp. Disponível em <https://portals.iucn.org/library/sites/library/files/documents/2013-040.pdf> Acesso em 30 jun 2018.

FOWLER, Peter J. World Heritage Cultural Landscapes 1992-2002. Paris: UNESCO, 2003, 133 p. (Word Heritage Papers, n. 6). Disponível em <http://whc.unesco.org/en/series/6/>. Acesso em 3 jul. 2011.

GONÇALVES, Carla A. C. Convenção Europeia da Paisagem e a revisão do Plano Diretor Municipal. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Sociais, Políticas e do Território) - Universidade de Aveiro, Aveiro, 2013.

GRENVILLE, Jane; FAIRCLOUGH, Graham. Characterisation: Introduction. In: Conservation Bulletin. English Heritage, 2004-5, p. 2-3.

HOWARD, Peter; THOMPSON, Ian; WATERTON, Emma. (eds.). The Routledge Companion to Landscape Studies. Routledge, 2013, p.490.

JOKILEHTO, Jukka; FEILDEN, Bernard. Management Guidelines for World Cultural Heritage Sites. UNESCO-ICOMOS – ICCROM, 1993.

JOKILEHTO, Jukka. Comments on the Venice Charter with illustrations. Scientific Journal, v. s/v, n° 4, p. 61-76, 1994.

_____. Reconstruction of ancient ruins. Conservation and Management of Archaeological Sites, v.1, n.s/n, p. 69-71, 1995.

_____. History of Architectural Conservation. 2002.

_____. Conservation of World Heritage towns: the case of mining towns. In: International symposium on the Iwami Ginzan silver mine sites, Shimane Prefecture, p. 13-18, 2004.

_____. Considerations on authenticity and integrity in World heritage context. In: LÓPEZ MORALES, Francisco Javier. Nuevas miradas sobre la autenticidad e integridad en el patrimonio mundial de las Américas, San Miguel de Allende, v. s/v, n. s/n, p. 35-48, 2005.

_____. Considerations on authenticity and integrity in world heritage context. City & Times, v.2, n. 1, p. 1-16, 2006a.

_____. World Heritage: defining the outstanding universal value. City & Times, v.2, n. 2, p. 1-10, 2006b.

JONES, M. Landscape, law and justice – concepts and issues. Norsk Geografisk Tidsskrift – Norwegian Journal of Geography, 60:1, 1-14, 2007.

KOLEN, Jan; RENES, Johannes. Landscape Biographies: Key issues. Disponível em <https://www.researchgate.net/publication/278961989_Landscape_Biographies_Key_Issues> Acesso 10 Jun.2017.

LEWICKA, Maria. Place attachment: How far have we come in the last 40 years? Journal of Environmental Psychology, 2011, vol. 31, pp. 207–230.

LONGSTRETH, Richard. Cultural Landscapes. Balancing Nature and Heritage in Preservation Practice.

LUENGO-AÑÓN, Mónica. El jardín barroco o la terza natura. Jardines barrocos privados en España. In: EGIDO MARTÍNEZ,  Aurora Gloria e  LAPLANA GIL,  José Enrique (coords.). Mecenazgo y Humanidades en tiempos de Lastanosa: Homenaje a Domingo Ynduráin. Madri: Red de Bibliotecas Universitarias (REBIUN), 2008, p. 89-112.

LUENGO, Ana. Historias de jardines: tatuajes de un patrimonio vivo. In: MADERUELO, Javier (Org.). Paisaje e historia. Madrid: Abada Editores, S. L., 2009, p. 129-151.

MATA, Rafael; TARROJA, Àlex (coords.). El paisaje y la gestión del territorio. Criterios paisajísticos en la ordenación del territorio y el urbanismo. Barcelona: CUIMPB. DIPUTACIÓ BARCELONA. Colección Territorio y Gobierno: Visiones, 2006.

MITCHELL, N.; RÖSSLER, M.; TRICAUD P. M.. Paysages culturels du patrimoine mondial: Guide pratique de conservation et de gestion. Paris: UNESCO, 2011. Disponível em: <https://whc.unesco.org/document/106612/>. Acesso em: 29 jun 2019.

NATIONAL PARK SERVICE. Cultural resources management guideline. United States Department of the Interior, USA, 1990.

_____. How to apply the National Register Criteria for Evaluation, National Register Bulletin, United States, n. s/n,  v. s/v, 1990.

NICOLETTI, Manfredi; CATALANO, Mario. Il restauro del verdestorico. In: NICOLETTI, Manfredi. L'ecosistema urbano. Bari: Dedalo Libri, 1978, p. 231-248.

OLWIG, Kenneth R. Sexual Cosmology: Nation and Landscape at the Conceptual Interstices of Nature and Culture; or What does Landscape Really Mean?. In: BENDER, Barbara (editor). Landscape: Politics and Perspectives. Berg Publishers, pp. 307-343, 1993.

OLWIG, Kenneth R.  Recovering the Substantive Nature of Landscape. In: Annals of the Association of American Geographers, 86,4, pp.630-653, 1996.

OLWIG, Kenneth R. The Practice of Landscape ‘Conventions’ and the Just Landscape: The Case of the European Landscape Convention. In: Landscape Research, 32:5, pp.579-594, 2007.

PANZINI, Franco. Projetar a natureza. São Paulo: Senac São Paulo, 2013.

PASOLINE DALL’ONDA, Desideria. Restauto del verde storico nella pianificazione del território, Italia Nostra, v. s/v, n. 128, p. 33-42, 1975.

PECHÈRE, René. La restauration des jardins historiques et la phillosophie du colloque. In: Primer Colloque seu la Conservation et la Restauration des jardins Historiques, 1971, Fontainebleau. Anais... Fontainebleau: ICOMOS-IFLA, 1971. p. 17-20.

_____. Es jardines historiques, leur restauration eur interet pour les jardins contemporains. Revista ICOMOS/UNESCO, v. (-), n. (-), 2001, p. 1-9.

RAYA GARCÍA, Raúl. Conceptos de conservación de paisajes y jardines. In: ALCÁNTARA ONOFRE, SAÚL; ALAVID PÉREZ, EFREN ARTURO; MARTÍNEZ SÁNCHEZ, Félix Alfonso. Diseño, planificación y conservación de paisaje y jardines. México: Universidad Autónoma Metropolitana unidad Azcapotzalco, 2002, p. 46-55.

RELPH, Edward. Place and placelessness. London: Pion Limited,1976.

RIEGL, Aloïs. O culto moderno dos monumentos: sua essência e sua gênese. Goiás: Editora da UCG, 2006.

RITTER, Joachim. Paisagem. Sobre a função do estético na sociedade moderna. (1963). In: SERRÃO, Adriana Veríssimo (coord). Filosofia da Paisagem – Uma Antologia. Lisboa: Centro de Filosofia Universidade de Lisboa, 2011, pp.95 -122.

ROE, M; TAYLOR, K. New Cultural Landscapes: emerging issues, context and themes. In: ROE, M; TAYLOR, K. (eds). New Cultural Landscapes. Abingdon: Routledge, 2014.

ROE, Maggie. Landscape Strategies & Strategic Thinking in England. In: National Landscape Forum. Dublin, 25 Jun 2015. Disponível em <https://www.visitcountydurham.org/Northern_Heartlands/downloads/Landscape%20Strategies%20&%20Strategic%20Thinking%20in%20England.pdf> Acesso 02 Ago.2018.

ROGER, Alain. Breve tratado del paisaje. Tradução de Maysi Veuthey. Madrid: Biblioteca Nuova, 2013.

SAUER, Carl O. A morfologia da paisagem. In: CORREA, R.L.; ROSENDAHL, Z. Paisagem, Tempo e Cultura. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 1998. p. 12-73.

SAUER, Carl. Geografia Cultural. Espaço e Cultura. N. 3, jan 1997. Tradução do original de 1931. www.e-publicacoes.uerj.br/ojs/index.php/espaco ecultura/article/view/6706/4799

SERRÃO, Adriana Veríssimo (coord). Filosofia da Paisagem – Uma Antologia. Lisboa: Centro de Filosofia Universidade de Lisboa, 2013.

SERRÃO, Adriana Veríssimo. Paisagem e ambiente: uma distinção conceptual. In: Enrahonar. Quaderns de Filosofia, no 53, 2014. p 15-28. Disponível em < http://revistes.uab.cat/enrahonar/article/view/v53-verissimo/pdf-pt> Acesso em 08 fev.2016.

SIMMEL, Georg. A Filosofia da Paisagem. Tradução de Artur Morão. Covilhã: LusoSofia:Press, 2009.

STANNERS, David; BOURDEAU, Philippe (eds.). Europe's Environment: The Dobris Assessment. Copenhagen: European Environment Agency, 1994.

STOVEL, Herb. Considerations in Framing the Authenticity Question for Conservation. In: Proceedings of the Nara Conference on Authenticity in relation to the World Heritage Convention. UNESCO WH Centre – Agency for Cultural Affairs (Japan) – ICCROM – ICOMOS, p. 393-398, 1995.

_____. An overview of emerging authenticity and integrity requerements for Word Heritage nominations. In: LÓPEZ MORALES, Francisco Javier. Nuevas miradas sobre la autenticidad e integridad en el patrimonio mundial de las Américas, San Miguel de Allende, v. s/v, n. s/n, p. 35-48, 2005.

_____. Effective use of authenticity and integrity as world heritage qualiifying conditions. City & Time, v. 2, n.3, p. 21-36, 2007.

SWAFFIELD, Simon (editor). Theory in landscape architecture: A reader. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 2002.

TAYLOR, Ken; ST CLAIR, Archer; MITCHELL, Nora J. (eds.). Conserving Cultural Landscapes: challenges and new directions. Oxon: Routledge, 2015.

THWAITES, Kevin; SIMKINS, Ian. Experiential Landscape. An approach to people, place and space. Oxon: Routledge, 2007.

TITCHEN, Sarah M. On the construction of outstanding universal value. UNESCO’s World Heritage Convention (Convention concerning the Protection of the World Cultural and Natural Heritage, 1972) and the identification and assessment of cultural places for inclusion in the World Heritage List. Tese de Doutorado: Australian National University, 1995. Disponível em <https://openresearch-repository.anu.edu.au/handle/1885/10039> Acesso em 30 jun 2018

TUAN, Yi-Fu. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. Difel: São Paulo, 1980.

TUAN, Yi Fu. Space and place: The perspective of experience. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1977.

TURNER, Sam. Landscape archaeology. In: HOWARD, Peter; THOMPSON, Ian; WATERTON, Emma. (eds.). The Routledge Companion to Landscape Studies. Routledge, 2013, pp.131-142.

TURNER, Sam. Historic Landscape Characterisation. An archaeological approach to landscape heritage. In: FAIRCLOUGH, G.; SARLÖV HERLIN, I.; SWANWICK, C. (eds.). Routledge Handbook of Landscape Character Assessment. London: Routledge, 2018, pp.37-50.

VERA, André e VERA, Paul. Le nouveau jardin, 1912. Disponível em:<< https://archive.org/details/nouveaujardin00Vera>>. Acesso em: 12/12/2016.

WEAVER, Lawrence. Lutyens Houses and Gardens’, 1913. Disponível em:<< https://archive.org/details/lutyenshousesga00weav>>. Acesso em: 12/12/2016.

  • w-facebook

© 2015 By icomos.br