cabecalho industrial 2.png

Sobre

About

Apresentação

Presentation

O ICOMOS, International Council on Monuments and Sites, é uma organização não governamental global, fundada em Veneza, Itália, em 1964. O Comitê Brasileiro do ICOMOS, foi fundado em 1978 no Rio de Janeiro. A sua missão é promover a conservação, a proteção, o uso e a valorização de monumentos, sítios urbanos, naturais e rurais, paisagens e o patrimônio imaterial. O ICOMOS é o organismo consultor do Comitê do Patrimônio Mundial para a implementação e gestão da Convenção do Patrimônio Mundial da UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. O ICOMOS Internacional reúne cerca de 11 mil membros individuais, profissionais e pesquisadores especialistas, e 271 membros institucionais em 151 países. Possui 107 comitês nacionais e 28 comitês científicos internacionais de temas especializados nas mais amplas áreas do patrimônio cultural. https://www.icomos.org/fr/

 

Vila Ferroviária de Paranapiacaba, Santo André, São Paulo. Foto: Julio Bastos, PMSA.

Desde 2016, o ICOMOS BRASIL – Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, vem se reorganizando e criando representações regionais e estaduais, assim como os comitês científicos nacionais. No Brasil cerca de 300 especialistas são filiados ativos, cujo notório saber é reconhecido pelo ICOMOS. Por mais de 40 anos, o ICOMOS BRASIL tem atuado na defesa do patrimônio local, regional, nacional e da humanidade e está representado em vários conselhos culturais em todo o país, como o Conselho do IPHAN, o Conselho Nacional de Incentivo à Cultura – CNIC, entre outros. https://www.icomos.org.br

O ICOMOS participa no desenvolvimento da doutrina, evolução e divulgação de ideias, realiza ações de sensibilização, defesa e educação, congressos internacionais, publicações e elabora normas de intervenção no patrimônio cultural e Cartas Patrimoniais. O ICOMOS Brasil realiza Simpósios Científicos anuais nacionais e internacionais, com apresentação e debate de pesquisas e trabalhos técnicos na área da preservação cultural. https://www.even3.com.br/simposioicomos2020/

 

Seja também membro afiliado ao ICOMOS Brasil!

Envie sua solicitação!

Missão

Mission

Os Comitês Científicos do Icomos/Brasil (CCIBR)  tem como missão "Promover o desenvolvimento do campo científico e prático da conservação patrimonial segundo o tema que aborda."

Os CCIBR deverão seguir os Princípios Eger-X'ian, um documento de trabalho que foi adotado durante a 15ª Assembleia Geral do ICOMOS em 2005, ou seja:

"Os Comitês [Científicos] Internacionais (ISC) são os veículos através dos quais o ICOMOS reúne, desenvolve e atende seus membros em todo o mundo de acordo com áreas de interesse especializado. O ICOMOS espera que os ISC estejam no centro da investigação científica e intercâmbio em seus domínios e compartilhar conhecimentos entre eles para promover uma abordagem multidisciplinar à proteção e gestão do patrimônio, em cumprimento aos objetivos do ICOMOS, conforme estabelecido no Artigo 5.b de seus estatutos: “Reunir, estudar e disseminar informações sobre princípios, técnicas e políticas. ” relacionadas à proteção do patrimônio”.

Antigo Matadouro da Vila Mariana, hoje Cinemateca, São Paulo. Foto: Ronaldo Rodrigues

Os instrumentos de ação dos CCIBR, para cumprir sua missão, serão os seguintes, entre outros:

  • Promoção de reuniões científicas temáticas;

  • Promoção de cursos avançados ou para iniciantes;

  • Publicações científicas e de divulgação;

  • Relatórios sobre o estado de conservação, ou temas pertinentes ao Comitê, de bens patrimoniais do Brasil;

  • Recomendações de normas técnicas e legais específicas;

  • Boletins periódicos;

  • Participação em missões e encontros científicos nacionais e internacionais;

  • Representação do Icomos/Brasil nos correspondentes Comitês Científicos Internacionais do Icomos.

lCOMOS lnternacional

ISCIH - Comitê Científico Internacional do Patrimônio Industrial

O ISCIH visa:

  • promover a valorizar o patrimônio industrial e facilitar a cooperação internacional entre especialistas para identificar, estudar, entender, proteger, conservar e gerenciar melhor o patrimônio industrial, em suas dimensões tangíveis e intangíveis, incluindo estruturas, complexos, bens materiais, áreas e paisagens;

  • promover e disseminar o conhecimento e a compreensão do patrimônio industrial e trabalhar no desenvolvimento de consultoria e orientação especializadas;

  • apoiar a capacitação e cooperar no estabelecimento de um padrão para o treinamento e a qualificação das pessoas responsáveis pela documentação, avaliação, interpretação e gerenciamento do patrimônio industrial;

  • promover os princípios conjuntos ICOMOS – TICCIH para a conservação de locais, áreas e paisagens do patrimônio industrial (Princípios de Dublin, 2011 ) como um passo importante para alcançar os objetivos acima mencionados;

  • fortalecer as relações entre o ICOMOS e outras organizações afins, consolidando as relações existentes como a realizada com o TICCIH e apoiar a cooperação aprimorada com essas organizações.

 

Para atingir essas metas e objetivos, o ISCIH procederá as seguintes atividades, bem como as prioridades acordadas do ICOMOS e seu Conselho Científico:

  • Fomentar e disseminar conhecimento, entendimento e valorização do patrimônio industrial;

  • Promover e apoiar a cooperação internacional na identificação, avaliação, gestão, salvaguarda e conservação do patrimônio industrial;

  • Apoiar a coleta e o compartilhamento de diversas experiências e conhecimentos profissionais, desenvolver orientações especializadas e prestar consultoria ao ICOMOS sobre patrimônio industrial, levando em consideração a diversidade cultural e as sensibilidades;

  • Colaborar e contribuir com o trabalho de outros comitês científicos internacionais do ICOMOS no campo do patrimônio industrial;

  • Proporcionar um fórum para facilitar a comunicação, debate, pesquisa, treinamento, colaboração e atividades conjuntas, incluindo reuniões, workshops, publicações etc., com outras organizações que compartilhem os objetivos do Comitê;

  • Apoiar a capacitação e cooperar no estabelecimento de um padrão para o treinamento e a qualificação das pessoas envolvidas na documentação, avaliação, interpretação e gerenciamento do patrimônio industrial;

  • Responder às necessidades dos membros afiliados e profissionais emergentes desenvolvendo sua especialização e habilidades no campo do patrimônio industrial.

 

Fonte:

https://www.icomos.org/fr/a-propos-de-licomos/les-comites/les-comites-scientifiques-internationaux/objectifs-des-csi-3 (em francês).

https://www.icomos.org/en/about-icomos/committees/scientific-committees/goals-of-the-iscs (em inglês).

 Rotunda do Complexo Ferroviário de São João Del Rei, MG. Foto: Ronaldo Rodrigues

Plano de Ação 

Work Program

O Comitê Científico Nacional de Patrimônio Industrial busca estabelecer algumas diretrizes e linhas de ação a serem realizadas no prazo de três anos, período 2019-2021, a partir da efetivação de sua criação e da determinação do Conselho Deliberativo, bem como suas atribuições. Além disso, o Comitê busca ratificar e fortalecer as diretrizes e objetivos do Comitê Científico Internacional do Patrimônio Industrial (ISCIH – International Scientific Committee on Industrial Heritage) posteriormente apresentados.

 

LINHA DE ATUAÇÃO 1: FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL

  1. Constituir de um corpo diretivo, bem como determinadas as funções a serem estabelecidas a cada membro no que tange o desenvolvimento das atividades específicas ao Comitê Científico – CCN-PI.

  2. Estabelecer critérios para inclusão de novos membros no Comitê Científico – CCN-PI segundo os seguintes elementos:

  1. Incluir novos membros segundo a lista daqueles já inscritos no ICOMOS-Brasil que possuam anuidades quitadas até a data de sua inclusão e não sejam membros de outros 03 (três) Comitês Científicos. Dessa maneira, o solicitante deverá enviar à Coordenação do Comitê Científico – CCN- PI seu pedido de afiliação a qual será verificada junto à Secretaria Geral sua situação diante dos outros Comitês Científicos da Instituição.

  2. Incluir novos membros do ICOMOS-Brasil, indicados ou não pelo Comitê Científico, convidados à filiação no momento de preenchimento da ficha de afiliação, por meio da escolha dos Comitês de interesse.

  3. Incluir novos membros a partir da indicação de membros do Comitê Científico Nacional – CCN- PI e encaminhamento de sua ficha de afiliação e indicação dos Comitês à Secretaria do ICOMOS- Brasil.

  1. Estabelecer uma rede interinstitucional entre os membros do comitê, assim como grupos de pesquisa e instituições e suas respectivas seções que tenham o patrimônio industrial como foco de atuação.

 

LINHA DE ATUAÇÃO 2: AMPLIAÇÃO DA BASE DO CONHECIMENTO A ÁREA

  1. Construir um grupo de pesquisa o qual irá desenvolver uma pesquisa geral acerca do estado da arte da área no Brasil no âmbito acadêmico e institucional a partir do qual buscar-se-á mapear os trabalhos realizados e as possíveis pesquisas de interesse e alinhadas aos objetivos dos Comitê Científicos e do ICOMOS-Brasil.

  2. Construir um glossário científico que permita uma padronização de termos utilizados no âmbito do patrimônio científico a partir dos trabalhos identificados e focais ao patrimônio industrial, sejam acadêmicos ou institucionais. Tal glossário buscará seguir uma estrutura de tesaurus do campo da ciência da informação.

  3. Promover o conhecimento no campo do patrimônio industrial, entre jovens profissionais, nos níveis de graduação e pós-graduação, por meio da promoção de atividades formativas que lhes permita exercer as atividades ou estudos na área pertinente de sua especialidade a fim de contribuir para a promoção e conservação, proteção, uso e valorização do patrimônio cultural.

 

LINHA DE ATUAÇÃO 3: DESENVOLVIMENTO E CONSOLIDAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO

  1. Verificar a possibilidade de instituir uma publicação virtual – e-book – que contenha os principais trabalhos produzidos no âmbito das atividades desenvolvidas pelo ICOMOS-Brasil. Tais trabalhos serão escolhidos por uma Comissão no âmbito do Comitê Científico – CCN-PI que determinará os critérios a serem estabelecidos para ranqueamento dos trabalhos.

  2. Verificar a possibilidade de instituir, no âmbito do ICOMOS-Brasil, uma “Revista do ICOMOS- Brasil” (ou reestabelecer a periodicidade de um periódico que já possua ISBN, como exemplo o “Fórum Patrimônio”). A Comissão Científica seria composta pelo Conselho Deliberativo, Coordenadores dos Comitês Científicos e outros membros convidados, a critério da Direção do ICOMOS-Brasil.

  3. Apresentar junto ao Boletim Periódico do ICOMOS, uma proposta de inserção de uma Seção referente ao patrimônio industrial, na qual possa constar a apresentação de conceitos, diretrizes, normas, instituições e estudos de caso, assim como atividades acadêmico-cientificas e institucionais no decorrer do período de publicação do Boletim.

  4. Construir uma rede de informação sobre patrimônio industrial a partir da qual se possa divulgar atividades, trabalhos e demais documentos e legislação pertinentes à área.

 

LINHA DE ATUAÇÃO 4: GESTÃO INSTITUCIONAL

  1. Estabelecer um período de encontros e reuniões, locais (regionais) ou nacional, durante os eventos promovidos pelo ICOMOS-Brasil, por meio de períodos estabelecidos durante a realização dos eventos para discussões e deliberações do Comitê Científico – CCN-PI.

  2. Estabelecer, igualmente, a realização de reuniões periódicas com os membros do Comitê Científico – CCN-PI, por meio virtual, nas quais seriam encaminhadas as diretrizes e acompanhadas as atividades previstas no Plano durante o triênio estabelecido.

  3. Realizar ações e apoio institucional e técnico que possam fomentar a conservação, preservação e restauração de elementos de patrimônio industrial nos âmbitos local, regional e nacional, junto a indivíduos e grupos de interesse.

  4. Instituir redes de conhecimento dos mais diversos temas relacionados ao patrimônio industrial, instituídos nas cartas patrimoniais e nos princípios de Dublin (instituído pelo TICCIH e ICOMOS Internacional).

  5. Estabelecer parcerias com instituições que tenham por foco a conservação, preservação e restauração do patrimônio industrial a fim de estabelecer princípios de atuação e ações conjuntas.

  6. Encaminhar recomendações aos órgãos e instituições gestores do patrimônio no âmbito brasileiro que sejam relativas a exemplares de patrimônio industrial conforme requisitos estabelecidos pelas Diretrizes Operacionais do ICOMOS Internacional a fim de garantir a memória e a história de seus elementos materiais e imateriais.

  7. Desenvolver e promover ações que venham a permitir aos diferentes profissionais envolvidos com a preservação e conservação do patrimônio a fim de proporcionar a formação profissional e seu aprimoramento, bem como possibilitar a constituição de uma expertise diversificada e especializada no campo do patrimônio industrial.

 

Esperamos, assim, constituir o Comitê Científico Nacional de Patrimônio Industrial e desenvolver as atividades necessárias que venham a promover a preservação e conservação, assim como a manutenção, valorização e disseminação do patrimônio industrial aos diversos e múltiplos campos do patrimônio, especialmente aqueles relacionados ao sítios e monumentos, sejam locais, regionais, nacionais ou internacionais.

Estatuto

Estatute

Em desenvolvimento

Créditos da Arte Gráfica

Icone CCbr Industrial: Vanessa Bello e Ronaldo Rodrigues

Site: Vanessa Bello e Vitória Bellon 

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Cavalo_Icomos.png
  • w-facebook

© 2015 By icomos.br