Site_CCN_ICOMOS_BR_Paisagem_Cabecalho_ed

Organização

Organization

Breve Curriculum Vitae dos Membros

Curriculum vitae

Doutores

PhD

 

 

André Bazzanella

Contato/e-mail público: bazzanella@gmail.com

Instituição: IPHAN São Paulo - Casa do Patrimônio do Vale do Paraíba

Possui graduação em Comunicação Visual pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983). Mestrado em História da Arte, com concentração em Antropologia da Arte, pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes na Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999) e Doutorado em Ciências Sociais em Agricultura Desenvolvimento e Sociedade pelo CPDA da UFRRJ. Atualmente é Chefe da Casa do Patrimônio do Vale do Paraíba do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em São Paulo. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Patrimônio Cultural, atuando principalmente em temas relacionados a estética, ambiente, território e identidades culturais de populações tradicionais.

Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2477134645614628

Jober José de Souza Pinto

Contato/e-mail público: jober.arq@gmail.com

Instituição: Centro Universitário 7 de setembro

Doutor em Arquitetura pela Escuela Ténica Superior de Arquitectura (ETSAM) da Universidad Politecnica de Madrid (UPM), Espanha. Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Arquiteto e Urbanista pela Universidade Federal do Ceará. Foi Coordenador de Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria da Cultura de Fortaleza, Ceará. Exerceu como conselheiro titular no Conselho Municipal de Políticas Culturais (CPMC) e no Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural de Fortaleza (COMPHIC).Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Projeto Arquitetônico, Intervenções Arquitetônicas no Patrimônio e na área de Teoria e Historia da Arquitetura. É membro do International Council on Monuments and Sites (ICOMOS). Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/0071166772088955

 

Joelmir Marques da Silva

Contato/e-mail público: joelmir_marques@hotmail.com

Instituição: FAU UFPE, Pesquisador da Universidad Autónoma Metropolitana de México e do Laboratório da Paisagem da UFPE

Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo e Pesquisador do Laboratório da Paisagem, ambos do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Membro do International Scientific Committee on Cultural Landscapes ICOMOS-IFLA.

Doutor em Desenvolvimento Urbano (Universidade Federal de Pernambuco). Mestre em Diseño, Planificación y Conservación de Paisajes y Jardines (Universidad Autónoma Metropolitana Unidad Azcapotzalco - UAM-A - México). Mestre em Desenvolvimento Urbano (Universidade Federal de Pernambuco). Biólogo (Universidade de Pernambuco).

Atua na área de Patrimônio e Restauro, com foco na conservação de Jardins Históricos, Roberto Burle Marx, Paisagismo, Botânica Aplicada ao Paisagismo, Arborização de cidades e sítios históricos. Na Universidade Federal de Pernambuco faz parte dos seguintes Grupos de Pesquisa do CNPq: (1) Jardins de Burle Marx, líder; (2) Conservação do Patrimônio Natural, líder e (3) Pensar Paisagem.

Coordenador das seguintes pesquisas: (1) Validação da metodologia de verificação da integridade visual para a gestão da conservação de jardins históricos de Pernambuco: subsidio para candidatura como patrimônio mundial; (2) Arqueologia Botânica dos Jardins de Burle Marx no Recife e (2) Identificação e Ilustração Botânica Aplicada ao Paisagismo. 

Pesquisador associado das seguintes investigações: (1) Puesta en valor del paisaje en Palacio Nacional: Restitución de la arquitectura del espacio abierto (UAM-Azcapotzalco, México); (2) O patrimônio paisagístico de Salvador: um estudo sobre os jardins públicos de valor histórico-cultural (UFBA- Bahia); (3) Diretrizes para o Plano de Gestão da Conservação dos Jardins Históricos de Burle Marx no Recife, Patrimônio Cultural Nacional (UFPE - Pernambuco) e (4) Jardins públicos de Salvador: um estudo sobre os jardins históricos de interesse patrimonial (UFBA- Bahia). 

Responsável técnico pelos Projetos de Restauro dos Jardins Históricos de Burle Marx (Praça de Casa Forte (1935); Jardim do Palácio do Campo das Princesas (1936) Praça Ministro Salgado Filho (1957). Autor, juntamente com Ana Rita Sá Carneiro, dos Inventários dos Jardins de Burle Marx, totalizando 15 jardins.  Lattes: http://lattes.cnpq.br/8774813912136170    Site: http://paisagem.net.br

Jose Antonio Hoyuela Jayo

Contato/e-mail público: antonio.hoyuela@gmail.com

Instituição: TERYSOS DO BRASIL LTDA

Doutor e mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Valladolid. Graduado em Arquitectura pela Universidad de Valladolid (1994), titulo de Arquiteto e Urbanista revalidado pela UFMG (2015). Atualmente é diretor - TERYSOS DO BRASIL, LTDA. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento e Projeto do Espaço Urbano, atuando principalmente nos seguintes temas: sig sistemas de informações geográficas, plano diretor, convenção europeia da paisagem, sutentabilidade e planejamento. Arquiteto Sênior, desde 1994, conta com a experiência de 20 anos na profissão. Especialista Técnico de Gestão Urbana e da Fundação San Pablo CEU. É Especialista em Planejamento Urbano, Territorial e Estratégico. E também especialista em desenho gráfico, Sistemas de Informação Geográfica SIG, cartografia e com grande experiência na sua aplicação à Planificação Geral e Planificação Regional. Essa visão Tecnológica e ao mesmo tempo de Planejamento, com sua experiência na docência em Planejamento Sustentável e Infraestruturas de Dados Espaciais, IDE compõem a sua maior colaboração ao conhecimento do território, da cidade, da cultura, do patrimônio (material e imaterial), do meio ambiente (mesmo na área de riscos naturais e antrópicos) e da paisagem (como elementos de sínteSE). Membro de ICOMOS Brasil (nº 18007 Bra). Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/1259673053011760

 

Laura Beatriz Lage

Contato/e-mail público: lblage@yahoo.com.br

Instituição: Prefeitura de Belo Horizonte – FMC (Fundação Municipal de Cultura)

Laura Lage possui graduação em Arquitetura e Urbanismo (2001), Especialização em Meio Ambiente (CEFET-MG) e Revitalização Urbana e Arquitetônica (UFMG), Mestrado em Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável e Doutorado em Arquitetura e Urbanismo, pela UFMG. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Paisagem, Patrimônio Histórico, Meio Ambiente, Planejamento Urbano e Projeto Arquitetônico. Trabalhou como consultora em municípios para trabalhos vinculados ao repasse do ICMS Cultural de Minas Gerais e realizou trabalhos de pesquisa (dossiês de tombamento) para o IPHAN – Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico. Foi professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário UNA (2007-2016), ministrando as disciplinas História da Arte e da Arquitetura, Técnicas Retrospectivas, Desenho Técnico, Desenho Arquitetônico e Desenho de Observação. Foi do corpo técnico efetivo do IEPHA/MG – Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (2006-2011), trabalhando com o Programa MONUMENTA na cidade do Serro/MG. Atualmente atua como arquiteta e urbanista, do corpo efetivo, da Diretoria de Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte.

http://lattes.cnpq.br/5253051669101534

Leonardo Barci Castriota

Contato/e-mail público: leocastriota@yahoo.com.br

Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais

Leonardo Barci Castriota é arquiteto-urbanista (1986), com doutorado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000) e pós-doutorado junto ao Getty Conservation Institute (GCI) em Los Angeles (2001) e a Universidad Politécnica de Madrid (2009/2010). Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de Minas Gerais. É Presidente do Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS/BRASIL) e, desde dezembro de 2017, Vice-Presidente do ICOMOS internacional. Foi Vice-Presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação Interdisciplinar em Sociais e Humanidades (ANINTER-SH), de 2012 a 2016. Publicou 25 artigos em periódicos especializados e 98 trabalhos em anais de eventos. Possui 35 capítulos de livros e 16 livros publicados e organizados. Possui 65 itens de produção técnica, entre os quais se destacam projetos de restauração, planos e projetos de conservação e reabilitação do patrimônio e de planejamento urbano, notadamente a coordenação de seis planos diretores municipais. Participou de 115 eventos, no exterior e no Brasil. Orientou 19 dissertações de mestrado, 30 monografias de conclusão de curso de especialização, além de ter orientado 42 trabalhos de iniciação científica nas áreas de arquitetura e urbanismo, filosofia e direito. Recebeu 9 prêmios e/ou homenagens. Atua na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em conservação e revitalização do patrimônio do planejamento e projeto do espaço urbano. Foi pesquisador da Rockfeller Foundation e do Getty Conservation Institute, sendo pesquisador com bolsa de Produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, desde 2002 e da FAPEMIG, com a bolsa de Pesquisador Mineiro, desde 2007. Tem atuação também em diversos cargos e conselhos na área do patrimônio, podendo se destacar a Diretoria de Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte (1993-1994), o Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte (1995-2000), o Conselho Curador do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA-MG), sendo atualmente membro do Conselho Técnico do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Conselho Estadual do Patrimônio de Minas Gerais (CONEP-MG). Foi Presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil Departamento de Minas Gerais (IAB-MG) (1999-2003) e Diretor da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (2002-2006). Atualmente é sub-coordenador do Mestrado Interdisciplinar em Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável (MACPS) na UFMG. Em seu currículo Lattes, os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: patrimônio, arquitetura, planejamento urbano, revitalização, preservação, Brasil, conservação, cidade e história. 

Endereço para acessar o CV:  http://lattes.cnpq.br/5080058473539252

Lúcia Tone Ferreira Hidaka

Contato/e-mail público: lucia.hidaka@fau.ufal.br

Instituição: Universidade Federal de Alagoas  UFAL

Possui graduação (1997) em Arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Pará, especialização (1998) em Conservação Integrada Urbana e Territorial pelo Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada ? CECI, mestrado (2000) e Doutorado (2011) em Desenvolvimento Urbano pela Universidade Federal de Pernambuco ? UFPE. Atualmente é professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo FAU, Tutora do PET-Arq (Programa de Educação Tutorial do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFAL), vice-líder do Núcleo de Estudos de Projetos Especiais da Universidade Federal de Alagoas  UFAL. e associada do ICOMOS Brasil. Tem experiência na área de desenvolvimento local e conservação integrada, com ênfase em teoria, análise e avaliação da conservação urbana, da Significância Cultural e dos atributos de valor patrimonial. 

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/3037700673932138

Marcos Olender

Contato/e-mail público: olender@terra.com.br

Instituição: Universidade Federal de Juiz de Fora

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (2007). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência nas áreas de História e de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em História Regional do Brasil e em Patrimônio Histórico e Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: revitalização, conservação e restauro, instrumentos de proteção do patrimônio, política e gestão em patrimônio cultural, história da arquitetura moderna e contemporânea, memória ferroviária, história das exposições nacionais e internacionais das indústrias e das belas-artes, colonização alemã e arquitetura da imigração (principalmente alemã e italiana). 

Endereço para acessar c CV: http://lattes.cnpq.br/5457900499783356

Maria Tereza Duarte Paes

Contato/e-mail público: paes.tereza@gmail.com

Instituição: Geografia – Universidade Estadual de Campinas

Geógrafa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1985), Mestre em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (1992), Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1999). Atualmente é Professora Livre Docente na área de Meio Ambiente Urbano pela UNICAMP, Departamento de Geografia-IG (2018). É professora da Universidade Estadual de Campinas desde 1994 (no Departamento de Sociologia/IFCH) e, a partir de 1999, no Departamento de Geografia/IG. Em 2007 realizou Pós-Doutorado em Geografia, com bolsa da CAPES, na Université de Pau et des Pays de L'Adour, na França, no Laboratoire Société Environnement Territoire (IRSAM/SET). Atua nas áreas de pesquisa sobre patrimônio cultural, turismo e meio ambiente urbano, e coordena o Grupo de Pesquisa "Geografia, Turismo e Patrimônio Cultural". Membro do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT) pela Geografia/Unicamp (2008-2010 e 2017-2019), coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Geografia (IG/Unicamp, 2008-2010) e Presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia (ANPEGE, 2011-2014). Atualmente é Coordenadora da Área de Geografia na CAPES (2018-2021). É membro da Rede Franco-Brasileira de Turismo, Patrimônio e Políticas Públicas (TP3 - https://astrestp3.wixsite.com/astres-tp3 ) e pesquisadora do CNPq - PQ 1-D desde 2014.

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D

Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2575223542516645

 

Mônica Bahia Schlee

Contato/e-mail público: monbasch@gmail.com

Instituição: Prefeitura do Rio de Janeiro

Doutora em Arquitetura na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011). Mestre em Arquitetura da Paisagem pela Pennsylvania State University (2002), onde recebeu o Creative Achievement in Landscape Architecture Award - Pennsylvania State University (2000) e o ASLA - American Association of Landscape Architects Merit Award for Excellence in the Study of Landscape Architecture (2000). Mestre em Estruturas Ambientais Urbanas pela Universidade de São Paulo (1999). Cursou Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal Fluminense (1987). Arquiteta e urbanista da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro desde 1992, onde atualmente atua como Gerente de Macroplanejamento da Secretaria Municipal de Urbanismo e está responsável, desde 2018, pela coordenação operacional do processo de revisão do Plano Diretor. Foi professora substituta da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense (2005-2007). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase nos seguintes temas: planejamento urbano, planejamento da paisagem, transformação e morfologia da paisagem, proteção de paisagens, patrimônio cultural, espaços livres públicos, Rio Carioca, águas urbanas e ocupação de encostas. Membro da ABAP – Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas.

Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1056047977421182

 

Rafael Winter Ribeiro

Contato/e-mail público: rafaelwinter2002@yahoo.com.br

Instituição: Geografia – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Geógrafo com doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e estágio doutoral na Université de Pau et des Pays de l’Adour, França. Professor Associado do Departamento de Geografia da UFRJ, atualmente é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFRJ (nível 7 da Capes) e também professor no Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). É um dos coordenadores do Laboratório Geoppol (Grupo de Estudos e Pesquisas em Política e Território), onde coordenada as Linhas de Pesquisa de Política da Paisagem e Política do Patrimônio Cultural e coordena o projeto de pesquisa Direito à paisagem e prática da cidadania no Rio de Janeiro e Recife: política urbana, democracia e formação de espaços políticos em metrópoles brasileiras (CNPq, Edital Universal, 2016). Editor da Revista Espaço Aberto da UFRJ e membro do International Council on Monuments and Sites (Icomos), atuou em diferentes projetos na área de preservação do patrimônio e da paisagem, entre os quais a preparação do dossiê de inscrição do Rio de Janeiro na Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO (2009-2012) e seu Plano de Gestão (2012-2014). Entre suas publicações estão os livros Paisagem Cultural e Patrimônio (IPHAN, 2007), Rio de Janeiro, paisagens entre a Montanha e o Mar / Rio de Janeiro, landscapes between the mountain and the sea (UNESCO, 2016) e a organização da coletânea Espaços da Democracia (Bertrand Brasil, 2013). Pesquisador nível 2 do CNPq como Bolsista Produtividade. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Humana, atuando principalmente nos seguintes temas: Geografia Política, Patrimônio Cultural e Política da Paisagem.

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3487625487385752

 

Simone Scifoni

Contato/e-mail público: simone.scifoni@gmail.com

Instituição: Geografia – Universidade de São Paulo

Geógrafa, Mestre e Doutora em Geografia pela Universidade de São Paulo. Prêmio Capes de Teses, conferido, em 2006, ao trabalho intitulado "A construção do patrimônio natural". Docente do Depto de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Atuou em instituições públicas de proteção do patrimônio cultural como o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Condephaat/SP e Conselho Municipal de Patrimônio Cultural de São Bernardo do Campo. Fundadora e membro da Rede Paulista de Educação Patrimonial, Repep. Membro do Icomos-Brasil. Vice-diretora do Centro de Preservação Cultural CPC/USP.

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/5466255804283280

 

Valci Rubens Oliveira de Andrade

Contato/e-mail público: andrade.rubens@gmail.com

Instituição: EBA/UFRJ

Graduado em Paisagismo pela Escola de Belas Artes/Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestre em Ciências da Arquitetura pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura ? ProArq - FAU/UFRJ (2003). Doutor em Planejamento Urbano e Regional pelo Programa de Pós-Graduação de Planejamento Urbano e Regional ? IPPUR/UFRJ. Professor Adjunto da Escola de Belas Artes/UFRJ, no Curso de História da Arte. Atua como pesquisador do Grupo de Pesquisas História do Paisagismo- EBA/UFRJ. Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4480868859148508

Vanessa Gayego Bello Figueiredo

Contato/e-mail público: vanessa.figueiredo@puc-campinas.edu.br

Instituição: FAU PUC-Campinas. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

É arquiteta e urbanista, doutora (2014) e mestre (2005) em planejamento urbano e regional pela FAU USP - Universidade de São Paulo. Doutorado interdisciplinar com ênfase em conceito-ação, planejamento territorial e gestão sustentável da paisagem cultural. Coordena o Comitê Científico Nacional de Paisagens Culturais e o Núcleo São Paulo do ICOMOS - Internacional Council on Monuments and Sites (2019/21) e a Rede Patrimônio Cultural Paulista. Docente na FAUPUCC - Pontifícia Universidade Católica da Campinas. É conselheira do CAU/SP – Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de São Paulo (2018/20), onde atua como coordenadora adjunta da Comissão Especial de Patrimônio Cultural e na Comissão de Ensino e Formação. É parecerista ad hoc da FAPESP, MackPesquisa e de 7 periódicos científicos nacionais e internacionais. Foi pesquisadora da FUPAM - Fundação para a Pesquisa Ambiental da FAU USP, Subprefeita de Paranapiacaba e Área de Mananciais de Santo André e gestora de políticas públicas na Prefeitura de Santo André (2001-2008). Tem experiência acadêmica e profissional nas áreas de planejamento urbano e regional, estudos do processo de urbanização, história do urbanismo, preservação do patrimônio e da paisagem cultural, reabilitação urbana em sítios históricos, teoria e projeto de restauro e conservação, gestão de políticas urbanas integradas, plano diretor, zoneamento urbano,mobilidade e transporte ferroviário, habitação, regularização fundiária, instrumentos urbanísticos, legislação urbana, ambiental e cultural, parcelamento do solo, sustentabilidade e infraestrutura verde, projetos urbanos, planejamento ambiental e da paisagem, paisagismo, turismo comunitário, planejamento estratégico situacional (PES), participação cidadã e economia solidária. Participou de vários conselhos, dentre eles o CMPU e o CONDEPHAAPASA (de Politica Urbana e de Defesa do Patrimônio de Santo André) e o CMDU-Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Campinas.

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/6490594679317763

Yara Regina Oliveira

Contato/e-mail público: yara.regina.arq.bsb@gmail.com

Instituição: lCOMOS Brasil

Possui graduação em Arquitetura e urbanismo pela Universidade de Brasília (1982), Pós graduação em Antropologia e Recursos Audio Visuais Universidade Catolica de Goias (1986), Mestrado em Urbanismo -Diplôme d'Etude Approfondie - DEA Institut d'Urbanisme de Paris - Paris XII (1987) e Doutorado em Urbanismo - Institut d'Urbanisme de Paris- Paris XII (1992). Especialização O arquiteto e a paisagem pelo Conservatório Internacional de Parques e Jardins de Chaumont-sur-Loire (2003). Tem experiência na área de Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo com ênfase nos seus aspectos patrimoniais, históricos, urbanos e paisagísticos tanto na Franca quanto no Brasil. Entre 2005 a 2009 Membro titular experts em urbanismo da Comissão Departamental da Comissão de Sítios e Paisagens do Val de Marne - França. Entre 2004 a 2009 Representante do departamento de Paris da associação Maisons Paysannes de France. Desde 2011 exerce docência no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Catolica de Brasília. Desde 2012 coordena o grupo de pesquisa, pela UCB, Olhares sobre Brasília. Coordenadora e curadoria I Jornadas Brasília Patrimônio Cultural 2013, II Jornadas Brasília Patrimônio Cultural 2014, Exposição Olhares sobre Brasília no MAMB 2013, Regards sur Brasília - MAL Paris 2015, Brasília Cadê Você? Brasília 2015. Conselheira cultural distrital em arquitetura e urbanismo do DF do Conselho Nacional de Politicas Culturais do Ministerio da Cultura 2015-2017. Membro ICOMOS BR - Cordenadora Paisagem Cultural do Icomos DF. Conselheira suplente Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural do DF CONDEPAC 2018-2020.

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/6650475544081357

Mestres e Especialistas

Masters and Specialists

Adriana Corsini Menegolli

Contato/e-mail público: adrianacorsinimenegolli@gmail.com

Instituição: UNAR – Universidade de Araras - SP

Arquiteta e Urbanista, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela PUCCAMP (bolsista Capes-Prosuc), pesquisadora do grupo de Patrimônio, Políticas de preservação e Gestão do território no PROURB-ARQ. Desde 2012 leciona disciplinas de Projeto, Patrimônio e Planejamento Urbano no curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Edmundo Ulson - UNAR, como professora especialista, onde coordena o Laboratório Cidades. Especialista em Marketing e Gestão de Empresas pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (2005) e graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia de São Carlos - USP (1993). Atuante em Projetos Urbanos e Planos Diretores. Exerceu por 6 anos a função de diretora de projetos e planejamento urbano na Secretaria de Planejamento, Gestão e Mobilidade da Prefeitura Municipal de Araras, participou ativamente na revisão do Plano Diretor Participativo e outros planos diretores setoriais, executou projetos municipais de áreas verdes e patrimônio e fiscalizou obras públicas. Coordenou a implantação e foi diretora da Casa da Memória de Araras. Foi presidente do Conselho de patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de Araras. Possui experiência em projetos arquitetônicos institucionais, comerciais e residenciais e acompanhamento de obras (29 anos) e gestão de marketing na indústria de revestimentos (12 anos). Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/8654595904557732

Betina Maria Adams

Contato/e-mail público:  badams1818@gmail.com

Instituição:  Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (aposentada);

ICOMOS - Comitê Cientifico Internacional de Paisagem Cultural  

Arquiteta e urbanista Pela Universidade Santa Ursula/RJ (1977), com especialização pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal -IBAM/RJ (Curso de Metodologia e Projetos de Desenvolvimento Municipal e Urbano) (1980) e mestrado em Geografia (Desenvolvimento Regional e Urbano) pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2001). Foi agraciada com a medalha de mérito cultural Cruz e Sousa e a medalha Antonieta de Barros.

Trabalhou no Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis – IPUF (1977 a 2016) iniciando a estruturação das atividades de preservação associadas ao planejamento urbano. A partir de 1979 tornou-se responsável pela área de patrimônio cultural edificado no Município, assumindo por vários períodos a gerencia do setor (SEPHAN – Serviço do Patrimônio Histórico e Natural do Município). Desenvolveu diversas atividades, destacando-se estudos que resultaram em legislação urbanística própria, bem como na proteção de conjuntos urbanos e edificações isoladas. Elaborou inventários e projetos para recuperação, restauro e revitalização do acervo da cidade. A legislação patrimonial e urbana foi consolidada quando da revisão do Plano Diretor de Florianópolis (aprovada em novembro de 2014), que contou com sua coordenação quanto ao capitulo das Paisagens e do Patrimônio Culturais. Esta legislação representa uma nova abordagem que amplia o conceito da paisagem cultural e da preservação urbana que já havia sido estabelecida na cidade desde 1985, e na época representou uma experiência pioneira no Brasil relativa à preservação do patrimônio associada à legislação urbana.

Em âmbito internacional, é membro do ICOMOS e integrou por quatro vezes a Direção do ICOMOS/ Brasil. Ela participa de ISCs - Comitês Científicos Internacionais do ICOMOS, servindo agora como Vice-presidente para a América Latina e o Caribe do ISC de Paisagens Culturais. Ela também é membro dos ISCs CIVVIH (Cidades e Povoações Históricas) e CIIC (Rotas Culturais) e desde 2017 participa do Grupo Regional para América Latina do ICOMOS (GrLA). Participou de Assembleias Gerais do ICOMOS e desde 2013 contribui regularmente a UNESCO-WHC/ICOMOS através de Missões de Monitoramento e Aconselhamento e com pareces de Avaliação Técnica (Technical and Desk Reviews). Recentemente, no âmbito da atual gestão nacional do ICOMOS-Brasil, foi convidada para coordenar tanto o núcleo ICOMOS – Santa Catarina como o Comitê Cientifico Brasileiro de Povoações Históricas.

Outras atividades professionais incluem a participação em conselhos, juris, intercâmbios e avaliações técnico-cientificas em âmbito nacional e internacional.  Participou da CNIC - Conselho Nacional de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e como conselheira Estadual de Cultura. Entre as organizações civis, faz parte da Diretoria da ACCR - Associação Catarinense de Conservação e Restauração e da AAMVM-Associação de Amigos do Museu Victor Meirelles de Florianópolis. É sócio emérito do IHGSC – Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, participa de Câmaras Setoriais de Patrimônio em âmbito estadual e municipal  e dá suporte ao Ministério Público, à ONGs e estruturas públicas de preservação, em assuntos de defesa patrimonial.

  

Daiane Romio Duarte

Contato/e-mail público: dduarte895@gmail.com; daiane.duarte@posgrad.ufsc.br

Instituição: Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998), graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Cuiabá (2013), pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho (2008) e mestrado em Engenharia de Edificações e Ambiental pela Universidade Federal de Mato Grosso (2017), onde trabalhou o tema de edificações sustentáveis para habitação social. Atualmente é doutoranda no curso de Arquitetura da Universidade Federal de Santa Catarina, estudando Paisagens Culturais, com ênfase em paisagens naturais sagradas. Tem experiência na gestão ambiental e de segurança do trabalho na implantação e operação de grandes projetos de infraestrutura. Trabalhou no licenciamento ambiental e na implantação e operação de sistema de gestão ambiental e de segurança para usina termelétrica, gasoduto e linhas de transmissão de energia. Também trabalhou na gestão da produção de alimentos em fábricas de extração e produção de suco de fruta de empresa multinacional em Minas Gerais e Ceará. Foi professora do curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Cuiabá e no Centro Universitário de Várzea Grande, com ênfase nas disciplinas de desenho, história da arte e da arquitetura e proteção do patrimônio cultural. Também ministrou disciplinas para cursos de engenharia na área de gestão ambiental, projetos e segurança do trabalho. Entre 2017 e 2018 desempenhou trabalho voluntário junto à Fundação Catarinense de Cultura - FCC, desenvolvendo pesquisas para processos de tombamento, destacando o estudo das edificações modernistas de lazer de Florianópolis e o desenvolvimento de método de participação social para elaboração da significância do patrimônio cultural. Trabalha na área de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: sustentabilidade, proteção do patrimônio histórico, revitalização e habitação social.

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/7875199195132612

Luciana Rocha Féres

Contato/e-mail público: lurferes@gmail.com

Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável (PPGACPS/UFMG) e bolsista/pesquisadora da CAPES.

Participante do PDSE - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (CAPES) na University of Massachusetts, Amherst, Estados Unidos (2018-2019).

Possui mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (2002), especialização em Revitalização Urbana e Arquitetônica (1999) e graduação em Arquitetura e Urbanismo pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix (1995).

Atuou como Gerente de Cultura do SESC em Minas Gerais (2017-2019).

Foi coordenadora da comissão executiva do Programa de Candidatura do Conjunto Moderno da Pampulha a Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Atuou na Diretoria de Museus e Centros de Referência (2013 a 2015) e na Diretoria do Conjunto Moderno da Pampulha (2015-2016), ambos na Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte. Entre 2011 e 2016 foi membro do Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e de 2011 a 2014 foi membro do Conselho Estadual do Patrimônio do Estado de Minas Gerais.

Foi Diretora de Patrimônio Cultural do IAB/MG. Atualmente é professora dos Cursos de pós graduação em Planejamento Urbano e Ambiental e do MBA em Gestão de Empreendimentos Culturais do Instituto de Educação Continuada da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e professora convidada no curso de pós graduação em Revitalização Urbana e Arquitetônica (Escola de Arquitetura/UFMG).

Possui experiência docente na área de Patrimônio Cultural, Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: história e teoria da arquitetura e do urbanismo, preservação e gestão do patrimônio cultural e ambiental urbano, paisagem cultural, educação patrimonial, intervenções em edificações e áreas urbanas de interesse de preservação, cultura e cidades.

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/083389606852307

Luciano Pereira da Silva

Contato/e-mail público: lucianopatrimoniomt@gmail.com

Instituição: Universidade do Estado de Mato Grosso

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Paraná (1995) e mestrado em História com concentração em Arqueologia pela Universidade Federal da Grande Dourados (2007), cujo tema é Arqueologia e Ensino Superior Indígena, é doutorando no programa de Memória Social e Patrimônio Cultural na Universidade Federal de Pelotas. É professor efetivo da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), atuando nas áreas de Arqueologia, Patrimônio Cultural Material e Imaterial, Teoria da História e História Indígena. É Presidente fundador da Associação Xaraiés (2015-2019). Conselheiro no Setorial de Patrimônio Material do Conselho Nacional de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (CNPC-MINC) (2016 - 2018) e Conselho Estadual de Pesca do Estado de Mato Grosso. Membro da Sociedade de Arqueologia Brasileira, ANPUH e ICOMOS Brasil. Tem interesse nos seguintes temas: arqueologia pública, etnoarqueologia, educação escolar indígena, educação patrimonial; memória social, patrimônio cultural material e imaterial, patrimonialização, paisagens culturais; etno-história, diversidade cultural, criança indígena e intergeneracionalidade.

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/4385576844973504

Mônica de Medeiros Mongelli

Contato/e-mail público: (61) 2024-6356 / monica.mongelli@iphan.gov.br

Instituição: IPHAN

Arquiteta e Urbanista pela Universidade de São Paulo-USP (2005), Mestre em Teoria, História e Crítica em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília-UnB (2011). Desenvolveu Dissertação de Mestrado com o título Natureza e cultura: práticas de preservação patrimonial no Brasil, orientada pela Prof. Titular Dra. Sylvia Ficher. É servidora pública federal, técnica do IPHAN em Arquitetura e Urbanismo, desde 2006, e Coordenadora no Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização-DEPAM, desde 2011, onde atua na Identificação e Reconhecimento do Patrimônio Cultural Material, com ênfase nos temas do patrimônio natural, dos jardins históricos, da paisagem cultural e dos conjuntos urbanos. De 2005 a 2006 trabalhou na Prefeitura Municipal de São Paulo, Subsecretaria da Sé, com Obras e Áreas Verdes, desenvolvendo projetos de paisagismo. De 2001 a 2006, participou das pesquisas do Projeto Quapá (Quadro do Paisagismo no Brasil)/LABPA/FAU/USP, sob coordenação do Prof. Titular Dr. Silvio Soares Macedo. Quanto aos trabalhos técnicos no IPHAN, a partir de produção em equipe, desenvolveu as fichas de cadastro complementar para inventários de jardins históricos no Sistema Integrado de Conhecimento e Gestão – SICG, orientando a produção de inventários sobre Jardins Históricos em Brasília e Goiânia e em São Paulo e no Rio de Janeiro. Também junto à equipe, orientou o trabalho sobre o Patrimônio Cultural do Rio São Francisco, incluindo a execução de inventários de conhecimento e da paisagem cultural em sua foz. Atuou, ainda em grupo, na revisão das normas de preservação para o Conjunto Arquitetônico e Urbanístico Tombado de Ouro Preto. Participou da formulação da Portaria 127/2009, sobre a chancela da paisagem cultural brasileira e, posteriormente, coordenou o Grupo de Trabalho incumbido de sua revisão, gerando Relatório Técnico e minuta de nova Portaria para o instrumento. Atuou junto a iniciativas do âmbito internacional, como no desenvolvimento da candidatura do Sistema Missioneiro na Região Guarani, Moxos e Chiquitos a Patrimônio Cultural do Mercosul; e nos seminários e capacitações sobre Paisagem Cultural. Apoiou a realização de todas as edições dos Colóquios Ibero-americanos Paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto junto à UFMG e IEDS, tendo organizado, em conjunto com o Prof. Titular Dr. Leonardo Barci Castriota a publicação dos Anais – Vol. I. Orientou os produtos técnicos do dicente Danilo Celso Pereira no Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural (PEP/MP/Iphan), bem como co-orientou sua Dissertação de Mestrado intitulada Paisagem como patrimônio: os desafios para a efetivação de uma política de salvaguarda das paisagens culturais no Brasil.  http://lattes.cnpq.br/8808372998038540

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Cavalo_Icomos.png

Michel Carvalho da Silva

Contato/e-mail público: michelcarvalho177@usp.br  

Instituição: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS

Graduando bacharel em Arquitetura e Urbanismo na universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), com interesse específico em Patrimônio Cultural Arquitetônico. Desenvolve, atualmente, pesquisas a respeito de Patrimônio Ambiental Urbano, com ênfase em legislação urbana no contexto de perímetros de interesse histórico na área de Urbanismo, Paisagismo e Planejamento da Paisagem. Desenvolve atualmente Iniciação Cientifica com o tema Sintaxe espacial aplicada a uma Bacia Hidrográfica Urbana- aplicada na sub-bacia do Córrego do Prosa-Campo Grande-MS. Iniciação Científica concluída com o tema Referências Arquitetônicas do município de Paraty- do seu período Colonial aos dias atuais. Está vinculado ao Laboratório da Paisagem (LabPa) da UFMS. Membro do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS Jovem BRASIL) - Programa Novos Profissionais.

lCOMOS Jovem

  • w-facebook

© 2015 By icomos.br